postado por Paulo Cezar em 01 setembro 2011

Resenha | Eles Que Não Se Amavam



Autor: Celso Sisto
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 32
Skoob: Adicione
Compre: Saraiva

Sinopse: Havia um abismo entre Alberto e Bernardo - eles se odiavam. Tudo que um gostava, o outro desgostava. Quem gostava de um, não podia nem pensar em gostar do outro. O bando de cada um cresceu e lutou causando destruição. É aí que eles observam os estragos que fizeram a suas vidas e decidem fazer as pazes. Será que, se eles tentassem descobrir uma maneira de se suportar, as coisas não teriam sido diferentes?

Duas crianças que se odeiam, seus amigos não podem ser amigo do seu adversário, nem mesmo conversar. Alberto e Bernardo se odeiam, são completamente diferentes.
Quando eles se cruzavam,
era o mesmo que a passagem
de um vendaval.

Um atirava farpas,
o outro, chispas de fogo.
Um mandava dardos,
o outro devolvia cobras e lagratos.
O ódio entre eles era tão grande que atingiu até mesmo suas famílias. Seus pais só gostavam de quem gostava de seus filhos, os avós só gostavam de quem gostava de seus netos.
Uma verdadeira guerra entre duas crianças, um abismo tão grande que a cada dia aumentava mais. Um lado atacava o outro.
Paz de verdade, enverga o tempo
e vem assinada pelo coração.

O livro é bem simples e curto, com um final totalmente encantador. Será que Alberto e Bernardo se odiaram para sempre? Será que os dois finalmente irão se entender? Bm só tenho uma coisa a dizer...
Amar o que é igual é fácil.
Difícil é amar o diferente!


3 comentários:

  1. Editora nova fronteira...hm, deve ser bom, geralmente essa editora produz bons livros.

    ResponderExcluir
  2. Realmente o livro é muito bom, nos faz parar pra pensar na vida.

    ResponderExcluir