postado por Paulo Cezar em 15 outubro 2011

Hunter Resenha | 72 Horas Para Morrer

Autor: Ricardo Ragazzo
Editora: Novo Século
Páginas: 254
Avaliação: 5/5
Skoob: Adicione

Sinopse: Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você! 
“O Carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética contra o tempo, que prenderá o leitor do início ao fim. 


 Na cidade de Novo Salto conhecemos o delegado Júlio Fontana e sua filha. A história basicamente gira em torno dessa família.
O livro conta com muita ação e , como o próprio título já diz, tudo acontecerá em 72 horas. 
Logo no início nos deparamos com um acontecimento sem data conhecida, algo sem muito sentido no início mas, já podemos esperar um grande acontecimento aí.


SÁBADO - 5 DE OUTUBRO
7h02


Júlio não sabia mas, a partir desse dia e horário sua vida tomaria um rumo surpreendente. Com um chamado no rádio o delegado vai investigar sobre um carro abandonado, seria uma investigação simples, como qualquer outra, mas um detalhe chama sua atenção, o carro pertence a sua namorada Agatha.


- Está vendo isso Júlio? Hein? Vê esse sofrimento? Isso tudo é culpa sua. Esse sangue ficará em suas mãos, não nas minhas. Está me ouvindo? Em suas mãos! Bem-vindo ao seu maior pesadelo. PAG. 22


A trama realmente envolve o leitor a cada página lida, do início ao fim. O serial killer realmente sabe como "matar" uma vítima, nunca sabemos o que esperar, nunca sabemos quem será o próximo até que a pessoa já esteja desaparecida. O temperamento de Júlio é muito explosivo, talvez seja pelos acontecimentos que logo podem atingir sua filha, tudo para ele se resolve a "espancamento".
O desfecho que o autor deu a história foi algo que eu nunca imaginei, pensei em algo do serial killer sendo preso, tudo sendo resolvido. Foi totalmente inesperado mas, justificou os montruosos atos da pessoa que estava por trás de tudo.
O livro chegou em pleno feriado aqui (com essa greve até no feriado o povo trabalha.....rsrrsrsr). Foi enviado pela parceria com o autor. O livro me prendeu tanto que li em menos de 72 horas, tudo pelos acontecimentos.
O livro está mais do que recomendado, se você gosta de ação, ficção e muito suspense não pode deixar de conferir o livro "72 Horas Para Morrer" mas, cuidado, nada é o que parece ser.


5 comentários:

  1. Nossa!! Que livro encantador!!Opss..sera que pode dizer isso de algo que envolva um serial?...Bom, deixa pra la!!
    Adorei a resenha, realmente chama a atenção! Espero que este livro esteja em breve na minha estante. Se for tão bom quanto o que fora descrito acima, vale o gasto. Espero que em 72 horas ele possa estar nas minhas mãos..rsrsr.
    Ótimo blog.. parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Bem... Eu acho que vou ficar louca quando ler esse livro e vou achar que alguém me persegue. kkkkkkkkk. Brincadeira, mas falando sério... Pela sua resenha o livro deve ser bom tanto que você leu rapidinho. =D

    E se o final for mesmo o que estou pensando o infeliz se...

    Beijos e até...

    ResponderExcluir
  3. adoro um suspense policial e esse livro pela sua resenha,parece prender a atençao do leitor e garantir um boa leitura,pra quem gosta desse tipo de livro.interessante, Parabéns pela resenha! =)

    ResponderExcluir
  4. Eu já li este livro e adorei.Eu sou amante dos livros policiais,principalmente quando se trata de um serial killer com muito suspense e mistério(hahahahaha).
    Gostei muito da narrativa do autor,dos personagens.A unica coisinha que achei que faltou mais desempenho foi no final do livro.Porem todo o resto você fica tão preso a leitura que não consegue larga-lo.


    Parabéns pela resenha!


    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  5. Para mim, que faço direito, um livro onde contém psicopata é um prato
    cheio. Sou extremamente fascinada pela cabeça dessas pessoas, sua
    inteligência, seu sangue frio, suas habilidades… Vi-me realmente
    entretida com o enredo, observando bem a profissão a qual quero
    futuramente exercer, tentando me colocar no lugar daquele delegado e
    decifrar cada pista lhe dada, assim como também me vi várias vezes me
    perguntando se tais atitudes eram corretas e se eu as tomaria.

    ResponderExcluir