postado por Paulo Cezar em 16 outubro 2011

Mônica e Monique Sperandio - Gazeta do Povo


“Começamos a ler bastante quando tínhamos 14 anos, quando estávamos no primeiro ano do ensino médio. A leitura abre a nossa mente para novas ideias e pensamentos. Sem falar que a nossa criatividade cresce de uma forma absurda! Quando descobrimos a escrita, a gente se sentiu completa. Nós sempre tentamos colocar um pouco da ironia da Meg Cabot em nossos livros, a intensidade da Clarice Lispector, a profundidade da Tati Bernardi, o ritmo da Suzanne Collins e um toque do Caio Fernando Abreu. Os livros nos fazem ser mais responsáveis e mais compreensivas com as pessoas e em certas situações. Ler é uma das coisas mais importantes nos dias de hoje e escrever deixa a gente mais viva.”

Quer ler a entrevista completa das @gemeass ? É só clicar na foto logo abaixo.





0 comentários:

Postar um comentário