postado por Paulo Cezar em 06 outubro 2011

Review | Piratas do Vale do Silício

Direção: Martyn Burke
Roteiro: Paul Freiberger (livro), Michael Swaine (livro), Martyn Burke
Gênero: Biografia/Drama
Origem: Estados Unidos
Ano: 1999
Duração: 95 minutos

Sinopse: O filme mostra como Bill Gates e Steve Jobs fundaram as respectivas Microsoft e Apple e a concorrência entre os dois para ver quem chegava primeiro e as estratégias que utilizaram para criarem suas empresas.





 
O filme conta, através das personalidades de Steve Jobs e Bill Gates, o desenvolvimento da história da microinformática e da popularização dos computadores.
Steve Jobs é um jovem que, junto com seu amigo Steve Wozniak, desenvolveram uma espécie de primeiro computador pessoal como resultado de intensos trabalhos numa garagem. Eles deram o nome de Apple.
 Bill Gates era um estudante de Harvard, que com o surgimento do ALTAIR, o primeiro microcomputador, resolveu trabalhar em cima de um software chamado de Basic.
            Ao expor o invento numa pequena feira de informática, Steve Jobs e seu amigo fazem muito sucesso e vendem muitos computadores, e Bill Gates é praticamente esnobado por Steve. Bill Gates e seus amigos entram em contato com a IBM, para tentar alugar o seu sistema operacional para essa empresa, porém eles não tinham nenhum sistema operacional. Então ao sair da IBM, eles vão atrás de um homem que tinha um sistema operacional, o DOS, mas achava que não servia para nada, por isso vende seu sistema para Bill por 45 mil dólares. Então Bill começa a evoluir com a Microsoft.
            A Apple estava crescendo, então Jobs e sua equipe vão atrás da Xerox e copiam a interface gráfica e o mouse deles. Em seguida a Apple dá inicio ao projeto de um computador com interface gráfica, o Lisa (nome que Steve Jobs tinha dado a sua filha). Bill Gates vê o Lisa, e percebe que eles tinham um sistema operacional melhor que o seu, então diz que quer um igual.
            A partir daí, a Microsoft finge ser amiga da Apple  somente  para copiar seus projetos. Jobs, com a maior boa vontade mostra o projeto do Macintosh à Bill Gates.
Bill aos poucos vai se aproximando da Apple, e assim consegue copiar a idéia deles e lançar o Windows. Jobs descobre, e então começa a grande competição entre a Microsoft e a Apple.

            O filme retrata bem como foi a evolução dos primeiros computadores pessoais até ao que conhecemos e usamos hoje em dia.
            Recomendo o filme, é muito bom e relata uma época que qualquer pessoa interessada em tecnologia gostaria de ter passado.
Assistam e conheçam um pouquinho da história desse grande gênio da tecnologia e do empreendedorismo. Que com uma empresa na garagem construiu um grande império da tecnologia, com uma das mais importantes empresas de Informática do mundo: A Apple. E um dos mais importantes estúdios de animação: A Pixar, que em parceria com a Disney criou, produziu e lançou vários filmes em animação de sucesso, tais como o Toy StoryProcurando Nemo... etc....

Você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida, ou como um resultado que aponta uma nova direção. (Steve Jobs)

 


2 comentários:

  1. Steve Jobs deixou um imenso legado e achei super interessante este filme que mostra o comecinho de tudo. Não conhecia, mas vou procurar porque fiquei interessada em ver. Um abração,


    Ilmara
    www.conversadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. O filme é muito bom, já assisti duas vezes. Apesar de contar a história Apple/Microsoft o filme prende sua atenção do início ao fim.

    ResponderExcluir