postado por Funs Hunter em 17 janeiro 2012

Resenha | Para Sempre Ana

Olá Hunters. A resenha de hoje é de um livro que recebi através de uma parceria com o autor. Na verdade é um minilivro enviado aos blogueiros que se interessam pela obra.


Autor: Sergio Carmach
Editora: Caravansarai
Páginas: 336
Skoob: Adicione
Avaliação: 


Sinopse: Na mística Três Luzes, o leitor percorre inicialmente três momentos afastados no tempo, onde três homens, de três gerações da família Rigotti, experimentam situações-limite pela influência de uma mesma mulher: Ana. A partir daí, a narrativa o leva a uma instigante viagem, nem sempre linear, entre meados do século XX e o início do XXI, na qual os dramas, o passado, o verdadeiro caráter e os segredos de cada personagem são pouco a pouco desnudados. A trama é conduzida pela busca de Ana e pela busca por Ana, forasteira misteriosa que abala os triluzianos e cuja trajetória se funde à dos demais em uma história carregada de luzes e sombras. A busca de Ana arrebata as emoções; a busca por Ana arrebata os sentidos. E ambas surpreendem. Sempre que tudo parece esclarecido, detalhes antes considerados sem importância provocam uma reviravolta geral na história. Até o último capítulo. Descubra se os mais atordoantes segredos de Três Luzes estão mesmo nos céus ou no fundo da alma de seus moradores.



Encharcados pelo temporal, permanecem enlaçados por longos instantes, aquecidos apenas pela chama do afeto que sentem um pelo outro.



Logo no inicio somos apresentados ao jovem Caio Rigotti. Aos 18 anos está retornando a  Três Luzes - cidade que recebe esse nome pelo misterioso aparecimento de OVNI's no local - para procurar uma pessoa que desapareceu a muito tempo. Essa pessoa é Ana, sua mãe. O ano: 2011.

O livro "Para Sempre Ana" nos mostra a história de algumas gerações da Família Rigotti. O que as gerações tem em comum? A presença de Ana, uma jovem forasteira que chegou na cidade.
Traições, mentiras e mistérios são o ponto forte do livro. Em determinado momento podemos estar lendo acontecimentos recentes, já no próximo capítulo o autor nos leva de volta ao passado para que possamos entender melhor os acontecimentos da cidade.

É certo não deixar nossos sonhos se converterem em ilusões, mas também não devemos abandoná-los ao sabor da maré.

Em 2000, misteriosamente, Ana desaparece deixando todos sem saber o que aconteceu.
A partir deste momento não consegui mais largar o livro sem saber logo o final. Caio conseguirá descobrir o que aconteceu com sua mãe? Quais segredos Ana escondeu durante muito tempo? Ana morreu ou apenas fugiu?

Através de uma leitura cativante, percebemos que nada é o que aparenta ser.

O livro está mais do que recomendado hunters. Além de prestigiarem um autor nacional vocês irão conhecer a história intrigante e misteriosa.


SOBRE O AUTOR

Sergio Carmach: Carioca, nascido em 1968, casado pela segunda vez e pai de três filhos, Sergio Carmach escreve histórias desde a infância. Aos dez anos, embalado por um concurso literário, elaborou sua primeira narrativa longa, um conto de ficção científica chamado A Guerra Interplanetária. Aos dezesseis, começou a criar o primeiro romance, Judith e Joseph, o qual abandonou ao ingressar na Faculdade de Artes da PUC e, posteriormente, no CPOR (Centro de Preparação de Oficiais da Reserva). No Exército, promovido a tenente temporário, participou da criação de softwares educacionais e iniciou seu trabalho como videomaker. Após elaborar as primeiras versões de Para Sempre Ana e de mais dois outros romances (A Pintora e Os Demônios de Amostheus), teve um texto sobre a obra de José Saramago publicado por duas universidades: UFSC e UNESA. Nesta última, fez o curso de Direito.


Confira o booktrailer e também os dois primeiros capítulos do livro. ( disponíveis também no blog do livro )





7 comentários:

  1. Eu gosto desses livros que viajam entre o passado e o presente. algo que me interessou muito foi o titulo do livro!!!

    ResponderExcluir
  2. Bem... Agora pela sua resenha eu quero saber aonde está Ana e o que aconteceu com ela. Será mesmo que Caio a encontrou? Eu quero saber. A resenha me deixou curiosa a respeito da trama. Amei!

    ResponderExcluir
  3. Só lendo pra saber!! rsrrs

    ResponderExcluir
  4. Achei interessante também. Me confundi um pouco mas entendi depois

    ResponderExcluir
  5. Sua resenha ficou super completa, muito boa mesmo! Já tinha ouvido falar desse livro, mas não sabia direito do que se tratava, agora acho que irei gostar bastante dele, pelo menos gostei do que você falou na resenha. Achei a capa do livro muito bonita... Tomara que a leitura não seja muito confusa...

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a sua resenha, ela está maravilhosa, muito bem construída, e me deixou completamente curiosa! Eu já tinha ouvido falar desse livro, inclusive já tinha visitado o blog do autor e vi também isso dele fazer a parceria e mandar os mini livros e talz, quaaase pedi mas acabei desistindo :/ Acho que foi uma péssima decisão né?! haha. Vou ver direitinho, e talvez eu peça parceria, porque o livro parece realmente super interessante, parece ser misterioso em um ponto que não me deixa com medo, mas sim curiosa sabe?! Gostei mesmo!

    Beijão { http://17ezesseteinvernos.blogspot.com/ }

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adoro livros assim, em que o tempo é o principal aliado (ou não), me parece intrigante saber quem é Ana no presente, que foi Ana no passado e quem continuou sendo ela no decorrer da história. A resenha ficou bacana e o que mais me cativou foi esse trecho:
    "É certo não deixar nossos sonhos se converterem em ilusões, mas também não devemos abandoná-los ao sabor da maré."
    Muito liiindo *------*

    Gostaria muito de conhecer o livro
    e fico feliz por essa resenha tão bem feita ser de um livro nacional!!

    Um ótimo fim de semana
    @kelynha_13

    ResponderExcluir