postado por Funs Hunter em 14 fevereiro 2012

Resenha | Banidos

Autor: Sophie Littlefield
Editora: Underworld
Páginas: 238
Skoob: Adicione
Compre: Encontre o melhor preço
Avaliação:

Sinopse: Não há muitas coisas pelas quais valha a pena viver em Gypsum, Missouri, ou Trashtown, como os garotos ricos costumam chamar o bairro decadente onde mora Hailey Tarbell, dezesseis anos. Hailey acha que nunca vai se ajustar, nem com os garotos populares da escola, não com os rejeitados, nem mesmo com a avó cruel e doente que vende drogas no porão de sua casa. Hailey não conheceu a mãe, já morta, e não tem idéia de quem era seu pai, mas pelo menos ela tem o irmão adotivo de quatro anos de idade, Chub. Quando fizer dezoito anos, Hailey planeja levar Chub para longe de Gypsum e começar uma nova vida onde ninguém possa encontrá-los. Mas quando uma colega se machuca na aula de ginástica, Hailey descobre o dom de cura que ela nunca soube possuir e que não pode mais ignorar. Ela não só é capaz de curar, como pode trazer de volta à vida pessoas que estão morrendo. Confusa com seus poderes, Hailey procura respostas, mas encontra apenas mais perguntas, até que uma misteriosa visitante aparece na casa de sua avó alegando ser Prairie, sua tia. Há pessoas dispostas a tudo para manter Hailey em Trashtown, vivendo um legado de desespero e sofrimento. Mas quando Prairie defende Hailey e Chub de invasores armados que invadem a casa de sua avó no meio da noite, Hailey precisa decidir onde colocará sua confiança. Serão o passado de Prairie e o segredo que ela enterrou há muito tempo, e que a levou a deixar Gypsum anteriormente, capazes de arruinar todos eles? Porque, como Hailey vai descobrir logo, seu poder de curar é apenas o começo.




Banidos nos mostra a história de Hailey Tarbell, estudante que descobre possuir um dom misterioso. Ela mora com sua avó Alice, seu irmão adotivo Chub e seu cão Rascal.
Antes ela estudava em casa com sua avó. Depois de uma visita a assistência social obrigou Alice a fazer sua matricula na escola. Foi na escola que Hailey descobriu que nada é como ela imaginava. Os demais alunos são mais limpos e suas roupas são melhores que as dela. Também foi na escola que, sem saber, Hailey usou pela primeira vez o seu dom.
Com o passar dos dias Hailey vai descobrindo mais e mais coisas até que algo acontece...Ela percebe que dois homens estão a seguindo e fazendo perguntas sobre ela a alguns dos habitantes. Alguns dias depois, uma visita inesperada, alguém que ela nem sabia existir.
Os dias seguintes são totalmente inesperados, nossa protagonista, em sua viagem descobre um segredo, ela fica sabendo quando não deverá usar seu poder. As consequências se utilizar serão enormes e espantosas.

Eu me afastei, mesmo sem querer. Havia alguma coisa dentro de mim, uma força em movimento, um impulso que fazia meus dedos vibrarem com a necessidade de tocar Milla, uma urgência que fazia o sangue correr em minhas veias com uma persistência quente, quase como fogo.
PÁGINA 17


Banidos não é um livro muito longo, possui apenas 238 páginas. O que mais despertou o meu interesse em adquirir o livro foi a capa. Em qualquer livraria poderíamos olhar para o livro, de longe, e identificá-lo. Ao passar os capítulos, encontramos páginas enfeitadas com as mesmas ilustrações, abaixo do título, da capa.


A história foi bem trabalhada pela autora, ainda não conhecia nenhum livro com um tema assim. Ela nos presenteou com um livro repleto de suspense e mistério, o que acaba te animando com a leitura. Algumas passagens acabam sendo cansativas, poderiam ter sido melhores trabalhadas ou até mesmo ter levado a outro rumo. Mesmo assim a leitura flui bem e você fica super curioso para saber o que vai acontecer.


O título do livro, de início, não nos conta o que esperar do livro. O entendemos melhor após ler a sinopse e até mesmo o livro, assim conhecemos um pouco mais da história da Hailey. Aí fica uma pergunta aos leitores: "Quem são os banidos?". Boa pergunta não é mesmo?


Com o decorrer das páginas vamos descobrindo muita coisa. Uma verdadeira aventura. Mas é aí que vem o problema...
O livro possui uma excelente capa, a história é ótima, mas os erros presentes no livro são muitos, você está lá todo empolgado com a história e encontra um erro na página. Tem erros grotescos no livro. Falta de atenção mesmo. Espero que o livro seja revisado para a próxima edição.


Recomendo a leitura. O livro é realmente bom. Só não teve uma classificação melhor pois acho que pagamos  um bom preço por todos os livros e, com certeza não queremos algo que decepcione na hora da leitura pela quantidade de erros que passaram despercebidos durante a revisão.




4 comentários:

  1. NicholasCalabriaBrandao14 de fevereiro de 2012 21:04

    Mentira que vc só deu 3 estrelas? *chora*
    Eu super quero ler esse livro. Essa capa é simplesmente perfeita!
    Como vc o que mais me despertou interesse, foi a capa.
    Esse lance dos erros é barra mesmo. Quando é um ou outro ainda vai, mas vários assim, acaba pesando.
    Mas vejo que do enrendo vc n tem o que reclamar, e isso é bom!
    Abraço,
    Nicholas - Tudo por um livro

    ResponderExcluir
  2. Oi Nicholas..
    Gostei da história criada pela autora sim... vale a pena dar uma chance ao livro. Me decepcionei mesmo foi coma revisão do livro. Muito erro que poderia ser corrigido.

    ResponderExcluir
  3. Under e erros de revisão já viraram sinônimos. As capas da editora são de tirar o folego, mas de que adianta pagar horrores aos capistas e deixar os revisores sem salário???....kkkkk
    Tinha muita vontade de ler esse livro, mas depois que você disse que os erros são tantos, desanimei na hora. Ainda mais depois de ler um livro da Anne Rice que é tipo a mãe da boa escrita.
    Parabéns pela resenha XDD

    Abraços,
    http://www.vidadeleitor.com/

    ResponderExcluir
  4. Olha que eu ainda tenho mais dois livros da Under aqui pra ler. Espero que tenham feito uma revisão melhor neles.

    ResponderExcluir