postado por Matheus em 02 março 2012

Review | Precisamos Falar Sobre Kevin

Precisamos Falar Sobre Kevin
Direção: Lynne Ramsay
Lançamento: 2012
Duração: 1h 50min
Gênero: Drama, Suspense

Sinopse 

Eva (Tilda Swinton) mora sozinha e teve sua casa e carro pintados de vermelho. Maltratada nas ruas, ela tenta recomeçar a vida com um novo emprego e vive temorosa, evitando as pessoas. O motivo desta situação vem de seu passado, da época em que era casada com Franklin (John C. Reilly), com quem teve dois filhos: Kevin (Jasper Newell/Ezra Miller) e Célia (Ursula Parker). Seu relacionamento com o primogênito, Kevin, sempre foi complicado, desde quando ele era bebê. Com o tempo a situação foi se agravando mas, mesmo conhecendo o filho muito bem, Eva jamais imaginaria do que ele seria capaz de fazer. 

Crítica
  

     Esse filme nos mostra de uma maneira forte e realista a realidade de uma pessoa que, infelizmente, está cada vez mais comum em nossa sociedade atual, os psicopatas. Esse é um problema que vêm desde quando se é um bebê, como o filme nos mostra. Muitas vezes, os pais podem tomar providências, levando os filhos em psicólogos e afins, para poder ajudá-los com sua mente insana.  Mas, infelizmente, não foi o caso do filme.

     Mesmo não sendo um filme baseado em fatos reais, me parecia que era. Como já disse, ele é muito realista, e nem é tão difícil de acontecer casos como o do filme (um exemplo é o massacre que teve na escola do Rio de Janeiro, no ano passado). Mas, na maioria das vezes, quem se sente mais culpado não é o autor do crime, e sim os pais. Tilda Swinton (Jadis, a Feiticeira Branca de Nárnia) interpretou muito bem esse papel de mãe se sentindo culpada e arrependida do que fez no passado, foi uma injustiça ela não ter concorrido ao Oscar.
     O filme em si é muito bom, o trabalho de câmera é ótimo. A trilha sonora também. O que dizer da atuação do ator que interpretou Kevin, quando ele era uma criança? Para a idade que ele tem é muito boa. O filme é bem previsível, já que desde o começo ele nos mostra cenas relembradas por Eva. Mas mesmo assim ele é surpreendente no final, com quem  Kevin faz o que fez nos deixa chocado.
     Resumindo, Precisamos Falar Sobre Kevin nos mostra a realidade de pessoas que sofrem com o ato de seus filhos, se sentindo culpados por não fazer nada enquanto era tempo. E nos mostra essa realidade de uma forma nua e crua. Vale a pena assistir e refletir sobre o mundo atual.

Veredito Final:
   


2 comentários:

  1. Adorei a resenha do filme.
    Estou querendo logo ler o livro para depois assisti o filme. A historia é bem interessante mesmo.

    Abraços !!

    ResponderExcluir
  2. Swinton esta incrivel neste filme, foi uma injustiça msm ela não ter sido indicada ao Oscar :/

    ResponderExcluir