postado por Matheus em 11 junho 2012

Review | As Aventuras De Tintin

Direção: Steven Spielberg
Lançamento: 2012
Duração: 1h 47min
Gênero: Aventura, Animação
Sinopse
Tintim (Jamie Bell) é um jovem repórter, que está sempre atrás de boa matéria. Um dia, ele vê à venda na rua o modelo de um galeão antigo e resolve comprá-lo. Logo dois outros interessados o abordam, querendo adquirir o objeto, mas Tintim não o vende. Ele leva o galeão à sua casa, onde o coloca em destaque. Só que a entrada de um gato faz com que Milu, seu cachorro, o persiga dentro de casa e, por acidente, derrube o galeão. Ele fica danificado e um pequeno cilindro sai de seu interior, sem que Tintim perceba. Logo Tintim e Milu vão à biblioteca, onde tentam encontrar mais informações sobre o navio retratado no modelo. Ao retornar percebem que o galeão foi roubado. Tintim vai até a mansão recentemente comprada pelo doutor Sakharine (Daniel Craig), um dos interessados em comprar o modelo, mas nada descobre. Ao retornar ele encontra o cilindro e percebe que, dentro dele, há uma pista para um tesouro perdido. É o início de uma nova aventura, onde Tintim e Milu se juntam ao capitão Haddock (Andy Serkis) na disputa contra Sakharine para encontrar o tesouro.

Crítica

     Alguns filmes lançados ultimamente estão usando uma nova técnica, a captura de movimentos. Para produzir essa técnica os atores filmam os movimentos dos personagens e, através de sensores espalhados pelo corpo, os movimentos passam para os personagens computadorizados . Eu realmente não gosto dessa técnica inserida nos filmes de animação. Na minha opinião, já que é para imaginar e sonhar que seja com imagens diferentes das humanas. Essa técnica usada nesse filme não ficou ruim, diferentemente do filme O Expresso Polar, que além de ter uma boa história ficou estranho com o uso dessa técnica. 
     Tintin é um personagem muito conhecido no mundo inteiro, seja por seus livros, por sua série de animação, por esse filme ou por outras coisas. Ele já participou das mais diversas aventuras, mas nesse filme ele tem que descobrir o segredo de Licorne, que é um barco (em miniatura) que esconde um grande segredo: o lugar onde está o maior tesouro de todos os tempos! Para descobrir esse mistério Tintin e seu fiel cachorro Milu seguem mundo afora em grandes aventuras e muitos perigos, descobrindo pelo caminho Haddock, um capitão alcoólatra que tenta largar o vício mas não consegue!

     Steven Spielberg se aventurou dirigindo esse filme, que é seu primeiro trabalho como diretor de uma animação. Mas esse trabalho não é muito diferente de um que ele fez a muito tempo atrás. Indiana Jones. As semelhanças são muitas. Entre elas o protagonista, que nos dois casos sempre está desvendando mistérios e entrando em aventuras.
     O início do filme conta com uma animação clássica, em 2D e com traços simples, além da clássica cena dos desenhos animados: as sombras de Tintin e Milu à frentre de um fundo amarelo. Um dos pontos altos do filme é a trilha sonora, composta por John Williams, responsável por trilhas sonoras memoráveis do cinema. Em todo o filme a trilha sonora encaixa perfeitamente com as cenas, dando mais emoção ainda!
     Como já disse, a animação foi feita com a captura dos movimentos dos atores, deixando o filme o mais real possível. Algumas cenas nos parecem reais demais, com grandes detalhes e movimentos super-realísticos. Alguém de vocês saberiam que essa imagem abaixo é de um filme de animação?
     As Aventuras De Tintin é uma ótima animação, mas não é destinada ao público infantil! Há partes que as crianças podem até gostar, por ter muita ação ou ser engraçado, mas na maior parte do filme eles vão ficar entediados. Isso porque para chegar na parte com muita ação há todo um desenrolar muito bem elaborado, mas parado! Sem contar que algumas partes do roteiro são um pouco complexas demais para a cabeça dos baixinhos!

     Animações bem produzidas e sem nenhum tema muito infantil são difíceis de achar. Então, se você gosta desse tipo de filme que descrevi, assista As Aventuras De Tintin que você não vai se arrepender. Pelo contrário, irá adorar esse filme tão diferente dos demais!

Avaliação: 


6 comentários:

  1. Hum... Quem sabe eu não assista esse filme. Eu sou louca pelas aventuras dele e assistia sempre que poderia os desenhos. Adoro!

    ResponderExcluir
  2. Gosto demais de animações e nunca assisti uma assim, para "adultos", como dito na review. Já me interessava por esse filme, agora sabendo disso, ainda mais. E Steven, é Steven. Além do mais a história parece ser bem legal e quando eu for assistir, vai ser tudo novo pra mim. Já que eu nunca tinha ouvido falar em TinTin.

    ResponderExcluir
  3. Renata (do blog Escuta Essa)11 de junho de 2012 16:48

    Vi o filme e realmente as animações sãomuito legais!
    Gostei muuuito do capitão Haddock *-* um barato ele

    O seu blog é muito legal e estou te seguindo.
    Te convido a conhecer o meu blog e se gostar me seguir também ;)
    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre assitia quando era pequena, adorei o filme me deu um momento nostalgia.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. É verdade, meu caro! A mairia das animações de hoje são o que eu chamo de "filme de criança pra adulto ver". Tintin integra mais um desta lista, mas eu adoro animações e estou doidinha para ver...Ótima resenha, bjão!

    ResponderExcluir
  6. para os mais crescidinhos é bem nostálgico msm!
    bjs

    ResponderExcluir