postado por Matheus em 26 julho 2012

Resenha | Carrie, A Estranha

Autor: Stephen King
Editora: Objetiva
Páginas: 162
Skoob: Adicione
Compre: Encontre o melhor preço
Sinopse
CARRIE narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente. Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram. A vendeta vem à tona de forma tão furiosa e amedrontadora que até hoje permanece como exemplo de uma das mais chocantes e inovadoras narrativas de terror de todos os tempos. 

Resenha

     É incrível como alguns livros com enredos fáceis podem prender-nos de uma maneira  completamente diferente! “Carrie, A Estranha” é um desses. Com uma história super simples esse terror, que é o primeiro livro do Stephen King, é um daqueles livros que enquanto você não acaba você não para de ler! 

     Carrie White é uma menina desengonçada e estranha que está cursando o último ano do colegial. Ela é filha de Margaret White, uma mulher que é praticamente louca pela religião. Para ela tudo é pecado: usar biquini na praia, usar saias do joelho para cima, usar roupas vermelhas, beijar e inclusive menstruar! Isso mesmo, ela culpou Carrie de pecadora quando menstruou pela primeira vez na escola. É com essa situação que o livro começa. 
     Carrie está no vestiário, esperando as outras meninas para poder tomar banho. Quando menos esperava ela menstrua. Ela nunca tinha menstruado e sua mãe nunca a falara nada a respeito, então ela fica horripilada. Todas as meninas do vestiário começam a zoar dela, inclusive Chris (a malvada) e Sue (a boazinha), jogando absorventes e toalhas de papel nela, deixando a ainda mais assustada e aterrorizada. Depois que uma professora chega pra ajudar, todos os armários abrem e deixam cair o que lá estava, misteriosamente. Isso foi causado por Carrie, que tem o poder sobrenatural de mover coisas com a força do pensamento, principalmente quando está furiosa ou aterrorizada. 
     Na noite do baile de formatura ela arranja um par, inesperadamente, e é coroada como a rainha. Mas Chris queria fazer de tudo para estragar a vida de Carrie, então ela arquiteta um plano muito malvado para acabar de vez com a vida dela. O que Chris queria sai como o esperado, mas ela não sabia o grande poder que Carrie tinha de destruição. Sendo assim, Carrie usa seus dons sobrenaturais para acabar com tudo e todos apenas por diversão, e um pouquinho de ódio, porque algumas pessoas realmente mereciam!

     O clímax do livro acontece em poucas horas, durante a noite do baile de formatura. É lá que Carrie nos mostra o seu grande poder matando pessoas e deixando outras aterrorizadas. 
     Com uma escrita maravilhosa, Stephen King nos prende do começo ao fim. Ele conseguiu deixar o livro emocionante mesmo sendo a maior parte dele destinada a história de Carrie e outros personagens, sem ter acontecimentos muito importantes. Mas no clímax ele arrasa, nos deixando arrepiados e aterrorizados!
Outra coisa muito legal no livro é sua estrutura. Ele não é dividido em capítulos, apenas em 3 longas partes. Mas durante essas partes há trechos de revistas, jornais e cartas (fictícios, é claro!) que contam alguma coisa relacionada a história. Tudo que sabemos sobre o dom que Carrie tem vem de partes de revistas com histórias fictícias sobre o gene TC, o causador desse seu “talento”! rsrsrs

     Esse livro (que já se tornou um clássico, na minha opinião) merece ser lido por todos. Mesmo que você tenha medo de livros de terror você deve lê-lo. Além do mais ele não é tão assustador, bem menos do que o filme, que eu assisti e fiquei muito aterrorizado! Então se você não gosta de livros de terror leiam! Se você gosta desse gênero você já deve ter lido. Se não leu, o que está esperando??? 

Avaliação:





















9 comentários:

  1. Eu vi o filme e fiquei com medo imagina o livro como deve dá medo se a porta fechar de repente no meio da leitura. Adoro! Eu quero lê.

    ResponderExcluir
  2. Eu vi apenas o filme e imagino que o livro deva ser ainda mais eletrizante.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. O filme é bem mais horripilante q o livro, mas nem por isso o livro deixa de ser assustador!!! O livro é bem pequeno, em pouco tempo da pra ler!!

    ResponderExcluir
  4. O livro é mais eletrizante mas menos horripilante!

    ResponderExcluir
  5. Marcisiane Roberta Soares27 de julho de 2012 22:59

    Já li e adorei!!! melhor q o filme.

    ResponderExcluir
  6. Eu ñ sei dizer se é melhor q o filme, mas os dois são mt bons!!

    ResponderExcluir
  7. Stephen King é tudo *-*
    Não li ainda, mas quero ler o quanto antes.
    Eu já assisti ao filme, várias vezes. Mas, ler é sempre melhor hehe

    ResponderExcluir
  8. Matheus Silva Pereira2 de agosto de 2012 16:09

    concordo com vc!
    ler é bem melhor, lendo nós imaginamos coisas totalmente diferentes!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Na minha humilde opinião o Stephen é o melhor nesse gênero. Quem gosta de terror e não o conhece simplesmente não sabe o que é um ótimo livro ou filme de terror. E o livro me parecer ser aquele que te prende do início ao fim pois não se trata apenas de mostrar o medo mas como o nosso preconceito pode afetar a vida de uma outra pessoa. A mensagem é bem mais profunda...



    Um leve bater de asas para todos!!!!!

    ResponderExcluir