postado por Matheus em 18 julho 2012

Review | Rio

Direção: Carlos Saldanha
Lançamento: 2011
Duração: 1h 36min
Gênero: Animação, Aventura
Sinopse
Blu (Jesse Eisenberg) é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda (Leslie Mann), com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio (Rodrigo Santoro) entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade (Anne Hathaway). Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro.

Crítica

     É fácil misturar crítica social e diversão num mesmo filme, o difícil é fazer isso para as crianças. Mas mesmo sendo difícil Rio conseguiu fazer isso muito bem! As críticas sobre a situação das favelas brasileiras ficaram quase que imperceptíveis pelas crianças, mas um adulto pode ver o que Carlos Saldanha quis mostrar.
     O filme começa com uma deslumbrante sequência de dança feita pelos aves da Floresta Atlântica. Foi totalmente injusto aquela música perder para “Man Or Muppet” no Oscar de Melhor Canção Original. Voltando ao filme, a ararinha-azul e outras aves que estavam dançando ao ritmo do samba são capturadas por contrabandistas. Blu, a ararinha-azul, é levada pra Minessota, EUA, onde cai da caixa onde estava e é salvo por Linda, que cuida dele até crescerem. Muito tempo depois aparece Luís, que precisa da ajuda de Linda e principalmente do Blu para poder acasalar com a única ararinha-azul fêmea do mundo, Jade. Então Linda e Blu partem para a cidade de Rio de Janeiro, onde vivem as mais loucas, perigosas e divertidas aventura!

     É óbvio que o principal “cenário” do filme é o Brasil, mas ninguém esperaria que o Carlos Saldanha, que é brasileiro, colocaria não somente o lado bom do Brasil, mas também o que ele tem de ruim. As cenas na favela mostram claramente isso, ele mostra a pobreza pelo personagem Fernando, que não tem pai nem mãe e vive sozinho na favela, uma triste realidade para algumas crianças. Ele também mostra o desrespeito que muitos tem com as leis brasileiras, quando coloca Fernando dirigindo uma moto, sendo que ele é apenas uma criança. Atire a primeira pedra quem não assimilou os micos ladrões do filme com os marginais que temos espalhados pelas grandes cidades! Todo mundo lembra da triste realidade brasileira quando vê aqueles micos roubando turistas no Corcovado. Não sei se realmente foi isso que o Carlos Saldanha quis transmitir, mas foi isso que eu vi.
     Mas não é só o lado ruim do Brasil que é mostrado no filme! Tudo que o Brasil tem de melhor aparece em Rio. O carnaval exuberante, o fanatismo pelo futebol, a diversidade da fauna brasileira, ou seja, a alegria que só o Brasil têm!!

     A trilha sonora é o ponto mais alto do filme. Além da música de fundo, as músicas originais compostas para o filme são muito boas. Tanto a “Real In Rio” (que concorreu ao Oscar) como as tantas outras que se espalham pelo filme o deixam com um ar de musical. Até mesmo aquele Funk (ritmo musical que odeio) ficou bom rsrsrs!
     A direção de Carlos Saldanha é ótima! Eles mostrou um Brasil verdadeiro, sem mais nem menos, apenas a verdade! Diferente de outros filmes com tema central no Brasil, que mostram apenas a violência ou as maravilha, sem juntar os dois. Eu não tive a oportunidade de assistir a versão legendada, isso porque assisti o filme com meu irmão, mas a dublagem brasileira é ótima. Eles colocaram gírias comumente usadas no Brasil e também refizeram as letras de algumas músicas sem deixa-las ruins.

     O que eu tinha que dizer eu já disse! Qualquer um de vocês podem assistir, sendo criança ou adulto, porque o filme dá uma visão diferente a cada um que assistir. As crianças verão apenas a diversão e as aventuras, mas os adultos poderão ver mais além! Então assistam o filme que nenhum de vocês irão se arrepender!

Avaliação:










2 comentários:

  1. Já assisti. A animação em si é muito bem feita, torci muito pro filme ganhar o Oscar de melhor música original, infelizmente não ganhou, o que já era de se esperar. Enfim, a história não me agradou, os personagens não "grudaram", o que foi uma pena.

    ResponderExcluir
  2. Eu ameeiii de mais esse filme e concordo plenamente com vc quanto em ralaçao à imagem do Brasil q é mostrada nesse filme, além disso, dei altas gargalhadas!

    ResponderExcluir