postado por Matheus em 23 setembro 2012

O Que Passou Por Meu Fones #9

     Lutando com tudo e contra todos eu estou aqui mais uma vez para postar essa tão querida coluna semanal! "Lutando" porque caiu a internet de casa e eu tive de implorar para meu pai deixar eu ficar aqui na casa da minha vó e poder postar isso (rsrs)! Esse também é o motivo por eu ouvir somente 4 discos na semana, mas tomara Deus volte internet em casa e semana que vem ouvirei mais discos.
     Não viu o post da semana passada? Veja aqui.
     Leu, gostou e comentou? Participe também do Top Comentarista do Mês, lembrando que o super prêmio é o mais novo lançamento do Nicholas Sparks pela Editora Novo Conceito: o livro Um Porto Seguro.PARTICIPEM!!!


Echo | Leona Lewis

     Para fazer músicas realmente boas hoje em dia não é necessário somente uma voz maravilhosa,é necessário que ela tenha um bom ritmo e uma boa melodia. E é por isso que a Leona Lewis não faz músicas maravilhosas. Sua voz é poderosa e completamente emocionante, mas as melodias de suas músicas são muito sem sal, sem nada de emocionante.
     “Echo” começa com “Happy”, que já vem mostrando o que eu já disse, uma voz poderosa e emocionante, uma ótima letra e uma melodia sem graça. Na próxima faixa, “I Got You”, isso muda. Essa é, sem dúvida, a melhor faixa do álbum. A letra romântica cai como uma luva para a voz suave e ao mesmo tempo poderosa da Leona, e a melodia, por incrível que pareça, é muito boa. As músicas de “Echo” não são comuns comparando aos outros discos pops atuais, sendo assim, a faixa “Outta My Head” é o mais próximo que se chega do pop dançante que toma conta das paradas de sucesso de hoje em dia, mas a sua melodia não caiu muito bem para a voz da Leona Lewis. O restante do álbum não abriga nenhuma música espetacular, mas alguns podem até gostar delas, seja por suas letras românticas ou pela voz da Leona Lewis, mas certamente serão poucos os que gostarão dessas outras músicas por sua melodia.


Don’t Come Home A Drinkin’ (With Lovin’ On Your Mind) | Loretta Lynn

     Loretta Lynn não se diferenciava das outras cantoras de cowntry de sua época. Ela veio de uma família pobre, e depois que seu talento foi descoberto ela ficou rica e famosa. Mas havia nela algo que a diferenciava, suas letras fortes. Não se deixe enganar pela capa que mostra Loretta muito feliz e alegre, ou pelas melodias (quase sempre alegres), é nas letras que o álbum se mostra maravilhoso. O álbum começa com a faixa título, que é a melhor faixa do álbum. Sua letra forte antecipou o movimento feminista. 
     Outro ponto forte do álbum é a voz esplêndida da Loretta Lynn. Em várias músicas suas notas altas são emocionantes (como em “I Really Don’t Want To Know” e “Tomorrow Never Comes”), completando as letras bem-humoradas que falam das frustrações de ser mulher (o_O). Para muitos as músicas desse álbum soam estranhas e ruins, mas para aqueles que estão sempre abertos para um novo estilo musical esse álbum se mostra incrível.


Sete Chaves | NX Zero

     Certa vez eu ouvi que bandas que nascem emo nunca deixarão de ser emo. Eu discordava disso, principalmente por ver os novos singles e o novo estilo do NX Zero. Mas ouvindo “Sete Chaves” essa afirmação se mostra bem verdadeira. 
     No começo de carreira, o NX era uma banda muito sem graça emo, mas a algum tempo eles mudaram, tanto de estilo como de ritmo. Mas suas letras ainda guardavam o toque emotivo do começo de carreira. A primeira música do álbum “Só Rezo”, mostra logo de cara a grande diferença da banda. Sua batida é boa e sua letra melhor ainda. Na próxima faixa, “Espero A Minha Vez”, o ritmo emo volta, deixando a música um tanto depressiva. Em “Insubstituível” o ritmo melhora um pouco, mas dessa vez é a letra que se torna emo, falando de um amor não correspondido.
     Nós já sabemos que a voz do Di Ferrero (vocalista) não é espetacular, mas em “Confidencial” ela se mostra pior do que eu imaginava que fosse. No começo da música ele canta com uma voz aguda ao extremo. Depois de um curto tempo essa voz muda (ainda bem), mostrando um ritmo mais empolgante e a letra emo (pra variar). 

     As outras músicas do álbum seguem o mesmo estilo de letra emo, e o ritmo, por sua vez, fica oscilando entre o contagiante e o deprimente.  




     O mais novo álbum da Pink mostra uma cantora mais segura de si, ritmos mais bem produzidos e letras ainda melhores. Preciso dizer mais alguma coisa?
     “Are We All We Are” abre o disco muito bem. A mudança de estilo em relação ao seu álbum anterior (“Funhouse”) pode fazer com que a faixa pareça diferente demais, mas não demora muito para nos acostumarmos a esse estilo e nos deixar-mos levar por ele. A próxima faixa “Blow Me (One Last Kiss)” vem para mostrar que o álbum é realmente emocionante. O ritmo volta um pouco ao estilo anterior da Pink, mas é sua voz o destaque da música. No final de cada refrão sua voz é tão emocionante quanto em “Dear Mr. President”, faixa de seu disco “I’m Not Dead”. “Try” tem um ritmo mais calmo, até chegar o refrão que faz com que a música exploda; sem contar no ótimo vocal da Pink. O piano de “Just Give Me A Reason” é excepcional, nos deixando emocionados. Como se não bastasse a ótima voz da Pink, Nate Ruess, o vocalista da banda .Fun, participa da faixa, tornando-a um dueto emocionante, tanto pela melodia quanto pela letra ou pelos vocais. Em “True Love” nós encontramos a Pink de antigamente, com aquela personalidade forte apaixonante. O seu ritmo alegre e sua letra com um romântica não diferem do estilo anterior da Pink, mas nem o ritmo nem a letra são tão banais quanto antes.
     O álbum segue o mesmo estilo contagiante, até a chegada de “Beam Me Up”, que se torna deprimente por seu estilo cowntry-pop calmo e pela voz emocionante da Pink no refrão. Mas essa faixa veio apenas para fazer um contra-ponto à felicidade em excesso do álbum, já que logo que ela acaba “Here Comes The Weekend” vem para trazer a Pink de antes, não só a Pink, mas também o Eminem, que fez uma breve participação na música. 
     “The Truth About Love” é, até agora, o melhor álbum pop do ano. O conjunto inteiro da obra é ótimo: seus ritmos muito bem produzidos, suas letras inspiradoras e inteligentes, os vocais emocionantes... Tudo contribuiu para que o álbum ficasse maravilhoso do jeito que ficou.                                                                                                                                                    



12 comentários:

  1. Adoro as musicas da Leona Lewis, mas não lembro dessa...Devo conhecer e não sei o nome. Ah, ela tem uma voz bonita e umas musicas legais, mas só uma dela que eu amo. Nossa, e como canto. E é triste demais...pelo menos a melodia....

    ResponderExcluir
  2. Adoro essa música do NX Zero “Espero A Minha Vez” e por coincidência estava escutando ela agora a pouco kkkk É o lema da minha vida.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. NX ZEROOOOOOOOOO *----* Meus lindos!!!! Af, eu odiava Nx, até que eles fizeram um show no aniversário de 15 anos da minha prima, meu, foi perfeito, inesquecível. Desde aquele dia passei a ouvir mais as músicas desses fofos, não sou daquelas fãs suuuper viciadas que vivem atrás pra saber de TUDO sobre eles, mas é uma das minhas bandas favoritas!!!

    ResponderExcluir
  4. Não tenho ouvido muitas musicas ultimamente, mas com certeza NX Zero não está entre minhas preferidas. Bjksss

    ResponderExcluir
  5. Os dois primeiros eu nem sei para onde vai, mas os dois últimos até que conheço. NX Zero me surpreendeu um pouco, mas vai que eles tem um som legal, mas eu nunca ouvi, não é preconceito é porque não sou muito do gênero deles

    ResponderExcluir
  6. Nossa comecei a escutar Echo e adorei, ainda não conhecia.
    Me Sete chaves, ouço muito, adoro é muito bom.

    ResponderExcluir
  7. Espero a minha vez é boa. mas as outras do disco...

    ResponderExcluir
  8. Por mim passou katty p. , La Rox e outros ! rsrsrs

    ResponderExcluir
  9. Leona e NX, me ganhou *---* Mas acredita que eu não conhecia a músicas de nenhum dos dois? Fui ouvir e adorei, o Di canta demais!

    Gislaine,
    atualizado, comenta?
    Jeito Inédito

    ResponderExcluir
  10. A Pink como sempre com músicas ótimas, a Leona Lewis faz tempo que não ouço nenhuma música dela, agora que vi nesse post vou dar uma escutadinha rs... NX Zero não curto muito e a Loreta é antiga hein vc tirou do fundo do bau rsrs...

    ResponderExcluir
  11. Pink é sempre boa msm, mas nesse álbum ela se superou. Em relação à Loreta foi do fundo do baú msm!! kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  12. ñ conhecias as músicas do NX???
    q bom q vc se inspirou no post pra escolher o q ouvir!! rsrs

    ResponderExcluir