postado por Funs Hunter em 19 dezembro 2012

Resenha | O Ceifeiro

Autor: Al Gomes
Editora: Dracaena
Páginas: 216
Skoob: Adicione
Compre: Encontre o melhor preço.
Avaliação:

Sinopse: Acordar nos braços de um anjo seria a última coisa que Duda Vasques teria pensado quando tentou se suicidar. No entanto, foi exatamente isso que aconteceu. O anjo Ariel, que se apresenta como sendo o seu suposto Ceifeiro – após recuperar sua memória –, a leva através de uma jornada por lugares do além-vida como a Geena e o Hades. Porém, quando a alma de Duda desaparece misteriosamente antes que cheguem a Cidade dos Suicidas, Ariel terá que correr contra o tempo para encontrá-la, antes que Seth, seu general celeste, descubra que ele perdeu a conexão com aquela cuja alma ele deveria ceifar. Enquanto isso, refém de entidades sombrias que se alimentam da energia produzida por seus sonhos, a alma de Duda ameaça cruzar a frágil linha que separa os sonhos da realidade. Conseguirá ela escapar e voltar para o seu corpo físico? Ou sua consciência se perderá para sempre no Mundo dos Sonhos? Um lugar onde realidade e fantasia se misturam e nada é o que parece ser.


- Acontece que você está magra demais. Nisso eu tenho que concordar com Gabriel. O que está pretendendo? Morrer de fome por causa dessa sua obsessão com sua forma?
PÁGINA 23

Duda Vasques é uma modelo de grande sucesso, mas uma coisa a incomoda. Mesmo podendo ter tudo o que sempre quis, Duda está obcecada com sua forma física e isso será o fim de sua carreira. Sofrendo de anorexia, seu namorado Gabriel, dono da Agência Beauty Models, resolve dar um fim ao relacionamento. Duda não aceita isso muito bem e resolve dar um fim a própria vida.
Quando acorda conhece um anjo ceifeiro, Ariel. Ele resolve mostrar para Duda onde as pessoas são encaminhadas após a morte. Quando os dois estavam indo visitar a Cidade dos Suicidas, a ligação entre Ariel e a alma de Duda é perdida, ela simplesmente desaparece. 

Ele abriu os braços, e pareceu a Duda que o tecido do tempo e espaço se rompera. O chão abaixo deles se abriu, e ela gritou de medo quando achou que pudesse talvez cair. Mas, estranhamente, continuavam exatamente onde estavam. Como que pairando sobre o nada. E quando ela olhou pra baixo, o que viu lá, deixou-a completamente estarrecida.
PÁGINA 33

O que o ceifeiro estava fazendo era algo proibido, ele deverá correr contra o tempo, sem a ajuda de outros anjos e de seu general, Seth, para que a alma de Duda seja resgatada.
Os Enelois, filhos do caos, criados por Deus para o equilibrio junto aos anjos, sequestraram Duda para alimentarem-se de seus sonhos. Depois que ela ficou entre a vida e a morte, que Ariel a levou para o "passeio", os sonhos de Duda despertaram o interesse de tais criaturas. Duda conseguirá escapar?


****************************************************


Quando vi a capa do livro "O Ceifeiro" já fiquei super animado em relação ao livro, nem li a sinopse e fui logo colocando na lista de desejados. Imaginei uma história completamente diferente do que encontrei no livro, pensei em algo mais sombrio.
Ariel acaba se apaixonando por Duda, algo totalmente já esperado, e faz o impossível para resgatá-la e poder vê-la novamente. Muitas regras são quebradas por ele, tudo pelo amor que está sentindo.
Muitos acontecimentos são previsíveis, não nos proporcionando a "surpresa da leitura", mas mesmo assim, a leitura se torna envolvente e capaz de despertar a nossa curiosidade em alguns pontos.
O amadurecimento de Duda é algo completamente fantástico, o autor conseguiu passar muito bem essa parte. Apesar de sofrer e depois causar sofrimento com sua tentativa de suicídio,  Duda acaba percebendo que as demais pessoas também são importantes, não apenas os seus caprichos. Sua mãe será fundamental em um determinado momento da história.

Neste livro temos um final para a história de Duda e Ariel, mas em um determinado momento, o autor deixou de explorar uma ótima parte, capaz de nos proporcionar um segundo livro. Duda acaba sendo sequestrada novamente e é durante esse sequestro que uma decisão de Duda daria sequência ao livro. Até hoje imagino como seria a possível continuação de "O Ceifeiro". 
Mesmo assim o livro se mostrou uma surpresa, o desfecho escolhido pelo autor me deixou completamente impressionado. Algo completamente inesperado acaba acontecendo, isso me fez pensar que a história estava perdida. Me enganei completamente!

A descrição de Ariel não bate com a capa em um único detalhe, seu manto é branco e não vermelho. Achei isso completamente estranho, durante a leitura só conseguia imaginar o anjo ceifeiro usando o manto vermelho. A diagramação é simples, com poucos erros durante  a leitura.

Fica a dica para quem busca uma leitura rápida. O livro não possui muitas páginas e a história é muito boa.


5 comentários:

  1. Fiquei muito curiosa em relação ao livro. Me pareceu bem interessante. Particularmente adoro estórias de Anjos! Gostei bastante da resenha!

    Beijos'
    http://livrariapessoal.blogspot.com.br/ ( Comenta lá?!)

    ResponderExcluir
  2. Sou como você: compro o livro pela capa. E assim como você coloquei ele na minha lista do skoob por esse motivo. Vou confiar na sua opinião e dar uma forçadinha de barra pro Papai Noel trazer esse livro pra mim, afinal, como você mesmo disse: "Ele é uma leitura rápida".

    ResponderExcluir
  3. Espero que goste da leitura Natalia, dá pra ler em apenas um dia.

    ResponderExcluir
  4. Eu estou ansiosa para ler esse livro. Estou participando do Book Tour dele, e mal vejo a hora de por as mãos nele. kkkkkkkkkkkkkkkkkk! Adorei a resenha, e agora fiquei mais animada ainda. Principalmente porque eu adoro histórias de anjo.

    ResponderExcluir
  5. Fiquei interessada no livro, adoro romances com anjos, se cruzar com ele por aí, agarro rsrsrs... bjs!

    ResponderExcluir