postado por Funs Hunter em 21 janeiro 2013

Resenha | Barbolandia: A Fuga do herdeiro

Autor: Bruno Melo
Editora: Barbohouse
Páginas: 82
Compre: Direto com o autor.
Skoob: Adicione
Avaliação: 

Sinopse: Ryan é um rapaz milionário e futuro herdeiro da Dinastia Day e, além disso, não é feliz e acha que seu lugar é longe da sua família. Por isso, foge da mansão onde mora e acaba na companhia de piratas aposentados e de um mordomo muito esperto.
Inicie a jornada mais mirabolante do Mar do Caribe, nesta que é a primeira aventura dos cinco amigos e de Barbolandia.



Ryan é um garoto que desde pequeno está sendo "treinado" para assumir os negócios da família, mesmo podendo ter tudo a seu alcance, não é isso que ele quer. Ninguém perguntou se no futuro ele quer liderar a rica família. Pensando nisso ele resolve fugir de casa e leva somente o necessário para escapar.
Depois da fuga, Ryan irá conhecer os seus futuros novos amigos. No cais, fugindo de uns mendigos, ele se esconde no bote de um barco e acaba adormecendo. Acaba sendo acordado por 3 piratas, já em alto mar. A pequena aventura de Ryan está apenas começando!

Logo no inicio do livro, o leitor já é alertado que irá conhecer apenas a história de como os personagens se conhecem. Ryan encontra no barco os piratas Chinesinho, Lagartixa e Capitão Barba. Esses três parecem assustadores e que irão fazer algum mal ao jovem, mas acabam se mostrando boas pessoas.
Ryan também conhece o mordomo Leopoldo Leopoldinense, uma pessoa que não gosta de ver nada de errado sendo feito e, por causa disso, está em sérios problemas.
Ainda não conhecemos a fantástica Barbolandia, mas umas cartas mostradas antes da história começar nos mostra a grandiosidade que a ilha será.

A Fuga do Herdeiro é um livro curto, além de possuir poucas páginas, também possui diversas ilustrações para acompanhar a leitura. Os acontecimentos são bem rápidos, mas todos se encaixam perfeitamente.

A capa e o título representam muito bem a história contida no livro e o final nos deixa com uma grande curiosidade para saber o que irá acontecer. A diagramação é simples e as imagens que citei acima, aparecem sempre quando um novo capítulo irá começar. A revisão deixou passar alguns erros, mas nada que atrapalhe a leitura.

Será que os novos amigos viverão uma grande aventura juntos ou cada um seguirá seu rumo? Ryan voltará para sua família?

Nem preciso dizer que estou curioso pra saber como será o próximo livro... Quero conhecer Barbolandia!  








13 comentários:

  1. Nossa bem curtinho o livro mesmo!
    Adorei a resenha, parece cheio de aventura, apesar desse primeiro livro mostrar mais os personagens se conhecendo. A capa é bem legal, e gosto de livros que tenham alguma ilustração dentro, dão um toque a mais na obra...

    Abraços.
    http://vanille-vie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parece uma boa pedida para o público infanto-juvenil, visto que é ilustrado e curtinho.
    Eu, particurlamente, não gosto de livros ilustrados (mesmo que seja apenas na passagem dos capítulos). Acho que isso acaba com a minha imaginação.

    ResponderExcluir
  3. Me amarro em literatura infanto-juvenil. Essa historia me parece ser bem divertida e cheia de aventuras. Pelo menos essa mescla de personagens bem diferentes pode garantir uma boa história.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser um bom infanto-juvenil, esse livros de ser ótimo para uma tarde de ressaca literária ahahha Bom saber que mesmo sendo curto e rápido os eventos dos livros se encaixam bem!

    ResponderExcluir
  5. Olá, agradeço o comentário de todos! Tenham certeza que a aventura de Ryan só está começando. Aguardem muitas novidades sobre a série Barbolandia! Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Achei este livro bem interessante desda primeira vez que o vi! Espero ter a oportunidade de lê-lo!

    ResponderExcluir
  7. uau que legal, adorei demais , a sinopse divertida e a capa engraçadissima

    ResponderExcluir
  8. Estou com um certo pé atrás com livros nacionais em série. Ano passado li vários livros que prometeram ser trilogias ou até mesmo "duologias", mas como o livro 1 não fez tato sucesso o autor simplesmente não publicou o dois ou não achou editora que se interessasse em fazê-lo. Triste a situação. Por isso, acho que vou esperar um pouco para ver se o autor realmente lança o resto assim não fico numa curiosidade eterna....hahaha

    Abraços,

    Matheus Braga

    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Essa resenha me fez lembrar da saga de Como Treinar o Seu Dragão, não sei porquê. Me interessei em ler Barbolândia, parece uma história rápida e divertida. Talvez quando lançarem as continuações, eu procure comprar, porquê fiquei bem curiosa pra conhecer os piratas, o mordomo e Barbolândia!

    ResponderExcluir
  10. Bem achei a estoria meio infantil demais até gosto de livros assim mas não estou na fase pra ler ele hehe, até a capa parece pra criança rsrs

    ResponderExcluir
  11. deixa eu dizer que amei o nome "Barbolândia" rsrsrs e vindo de um autor nacional,é melhor ainda de se ver =) fiquei curiosa em ver as aventuras de Ryan e seus novos amigos,legal que o autor misturou ilustrações em certas partes do livro,acho que chama mais a atenção,principalmente do publico infanto juvenil. aparecendo a oportunidade,vou apresentar essa aventura a minha sobrinha.acho que ela vai gostar.

    ResponderExcluir
  12. Pela capa nao dava nada pro livro porem lendo a resenha ate que me simpatizei com o livro ele parece ter uma narrativa que flui bem.

    ResponderExcluir
  13. Ah eu já ouvi falar desse livro, achei bem interessante. Ele criou todo um mundo especial *u* muito fofinho isso.

    beijos,

    Fernanda ,

    www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir