postado por Funs Hunter em 31 julho 2013

Resenha | O Julgamento de Gabriel



Autor(a): Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Páginas: 384
Skoob: Adicione
Compre: Encontre o melhor preço.
Avaliação: 

Sinopse: Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de “O inferno de Gabriel”, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.


No primeiro livro, O Inferno de Gabriel, conhecemos um pouco sobre Julia Mitchell, uma estudante de mestrado que pretende se especializar em Dante e que, por esse motivo, vai para Toronto estudar com o melhor especialista no assunto, Professor Gabriel Emerson. Os dois já se conhecem a algum tempo, mas Gabriel pensa que o momento em que se conheceram não passou de imaginação. Apesar da arrogância do professor, eles acabam se entendendo. É aí que a história do segundo livro começa!
Gabriel e Julia estão passando as férias na Itália e nem imaginam o que os espera quando retornarem. Será que o relacionamento dos dois poderá suportar uma crise tão grande?


O Julgamento de Gabriel começou com uma leitura arrastada e que não estava me agradando. Julia estava muito chata! Mesmo assim resolvi continuar a leitura e acabei me surpreendendo com a história e era impossível não querer descobrir o que aconteceria.
Olhando o título do livro e a sinopse disponibilizada pela Editora Arqueiro, já podemos imaginar o que nos espera durante a leitura. Acompanhar o sofrimento dos personagens e suas confissões do passado foi angustiante.

Ao contrário do que disse do primeiro livro, o segundo livro da trilogia não é apenas um romance mais sensual. Ele possui muitas cenas hot durante a leitura, mas não tão pesadas como li em comentários de outros livros.

Dante e Beatriz retornam neste volume, mas acompanhados de outros personagens. É impressionante o modo como Reynard consegue inserí-los em sua história fazendo uma comparação entre os protagonistas.

A história possui algumas passagens rápidas durante a leitura, alguns acontecimentos que poderiam ter sido melhor trabalhados. Entendo que o objetivo era deixar o leitor completamente curioso com o que poderia acontecer entre os dois no final deste volume e ficarmos mais ansiosos com o lançamento do volume final da trilogia. Sim! O final fecha os acontecimentos do segundo livro, mas nos deixa ansiosos por não termos noção do que poderá acontecer no terceiro. Claro que o romance dos dois é algo certo, mas poderemos nos surpreender como aconteceu comigo neste livro.

Página 100

Como já disse, o final deixou um pensamento de "O que vai acontecer agora?". Muitos leitores devem até estar com medo do que irão descobrir lendo A Redenção de Gabriel! Foi uma grande surpresa o desfecho, mas não vou contar aqui né... Só vão descobrir quando lerem!







Top Comentarista
Se ainda não está participando, faca sua inscrição AQUI através do aplicativo e leia as regras para não ser desclassificado!






9 comentários:

  1. Michelli Santos Prado31 de julho de 2013 17:18

    Eu confesso que sempre tive vontade de ler a trilogia O Inferno de Gabriel!
    Lendo a sua resenha fiquei ainda com mais vontade de conferir esse universo do livro!!

    Excelente resenha :D

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é interessante... ou melhor, a série.
    No início nada de me interessar, julguei ser mais um hot querendo pegar carona no interesse da turma em leituras calientes.
    Depois que li uma resenha caprichada por aí, acabei tendo outra impressão da série. Mas uns preferem o primeiro e acham que o segundo livro foca mais no sofrimento do casal, rs... Eu achei bem interessante e complementar, embora prefira o segundo - pelo menos pelas resenhas. E esse desfecho que vai me surpreender e deixar um gostinho de quero mais instigou muito minha vontade e ler, finalmente!

    ResponderExcluir
  3. Início de livro arrastado é muito complicado. E se ele for o segundo volume de uma trilogia e/ou série, é pior ainda. Mas o bom é que no decorrer dele, a trama começou a engrenar, e finalizou muito bem. Espero ter a oportunidade de ler essa trilogia em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. muito ansiosa pra ler essa continuação, acompanho a história de Gabriel e Julia desde a época que era fanfic, e foi uma surpresa muito boa ver que o autor soube desenrolar em livros. acho lindo como ele colocar duas pessoas tão cheias de dilemas encontrando amor uma na outra e misturando cenas sexy sem ser vulgar, arte e personagens que se descobrem e amadurecem como Julia. quero muito ler O Julgamento de Gabriel!! e essas capa? meu amor pela editora arqueiro que manteve as capas originais! <33

    ResponderExcluir
  5. Essa trilogia é uma das que não tenho interesse em ler, mesmo que ela tenha boas recomendações!!

    ResponderExcluir
  6. Desde esse boom literário de livros "hot" é muito difícil nos depararmos com algum livro que proporciona uma boa leitura sem decair para o vulgar,com personagens bem fundamentados, algumas reviravoltas ou surpresas e pelo que vi nessa resenha O Julgamento de Gabriel é um livro que enquadra-se justamente nesse contexto.

    ResponderExcluir
  7. Samuel Lima Moreira1 de agosto de 2013 11:17

    O livro parece ser incrível, mas também é uma história que não me interessa, sou mais tipo magia, guerra e mistério, tenho certeza que o livro nos traz grandes ensinamentos, afinal que livro não traz não é? Mesmo assim não tenho muito interesse por ele.


    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  8. Eu não sinto vontade de ler essa trilogia mais minha amiga tem muita vontade de ler !

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li o volume anterior, mas pretendo ler ambos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir