postado por Funs Hunter em 26 agosto 2013

Resenha | Um Gato de Rua Chamado Bob

Autor: James Bowen
Editora: Novo Conceito
Páginas: 240
Skoob: Adicione
Compre: Encontre o melhor preço

Sinopse: Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).
Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.


Imaginem o que é para alguém apaixonado por animais, em especial pets, poder ler um livro, onde além de um maravilhoso animalzinho, vivenciar uma bela história de superação e vitória.
Desde o inicio já me apaixonei pela capa do livro, simples e perfeita. (Queria até que os meus gatos usassem cachecol, porém eles não se mostraram tão dispostos como o Bob).
Já lendo, fiquei feliz pela forma que os capítulos foram dispostos, permitem que você comece um e não precise parar na metade por serem extensos demais. Também tenho que destacar que não observei nenhum erro, tanto de impressão como de digitação no livro e, além de tudo, as patinhas do Bob nas páginas dão um charme a mais para o livro.
  
Partindo para a história, simplesmente posso dizer que estou muito feliz por tê-la lido. Nada de acontecimentos extraordinários ou inimagináveis, porém, com momentos tensos e que nos levam a acelerar a leitura para chegar ao final do acontecido.
James Bowen, autor e protagonista da história, conta fatos de sua vida numa narrativa emocionante. Ele, um dependente químico e com toda tendência a ser mais um caso de vitória das drogas, mostra que não só é possível sair vitorioso, mas também como é importante o apoio e proximidade de seres especiais, no caso dele, um quadrupede alaranjado e peludo.
Bob é um gato que certo dia aparece machucado no apartamento onde James mora. Detalhe, ninguém sabe de onde veio e o que já havia vivido. James, recebeu um presente, um anjo, ouso dizer.  
Uma história real e envolvente, James ganha seu sustento tocando nas ruas e com dificuldade consegue ganhar o suficiente para manter-se. Mesmo assim, não deixa de ajudar um ser necessitado. Só não imaginava ele, que esse gatinho seria a porta que o traria de volta à vida.
Com muitas dificuldades,  eles vão fortalecendo sua união, onde um completa e ajuda o outro. Tornam-se cada vez mais conhecidos, mundialmente, graças ao youtube.
Numa realidade tão fria e de valores distorcidos a qual estamos inseridos, é até difícil acreditar que algo tão belo possa acontecer. Seja você, amante ou não de animais, esse livro vai lhe proporcionar momentos de pura emoção e reflexão.
Mesmo eu, que adoro ficção, me apaixonei por essa história, onde a vida real mostra o quanto pode ser mágica e inusitada.

Foi muito emocionante ler essa história, pois tive um gato chamado Bob que fazia muitas coisas iguais ao Bob da história. O meu, infelizmente morreu, mas foi muito bom relembrar das brincadeiras e companhia daquele animalzinho especial

Eis um livro em destaque na minha biblioteca!







Top Comentarista
Se ainda não está participando, faca sua inscrição AQUI através do aplicativo e leia as regras para não ser desclassificado!








14 comentários:

  1. Eu adoro animais e sei o quanto eles podem mudar nossas vidas. E nem consigo imaginar a realidade do cara, mas com certeza o Bob foi importante para ele. Tenho muita curiosidade em ler esta história. E quase certeza de que vou me emocionar muito!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho o livro mas ainda não li. Os animais, em especial os gatos, fazem parte da minha vida porque minha minha tem perto de dez gatos e outros tantos bichos. Acredito que deve ser uma história muito bonita, com belas mensagens. Já está na minha fila de leitura!

    ResponderExcluir
  3. ai eu quero!! =) não tem amizade mais fiel, mais verdadeira do que de um bichinho com seu dono. aliás dono não, seu responsável. rsrs Bob com certeza é um anjo de quatro patas que apareceu pra ajudar a salvar a vida de James. ta na minha lista de desejados há tempos!

    ResponderExcluir
  4. Vou confessar que nunca li nenhum livro com animais. Comecei a ler Marley e Eu uma vez mas não consegui sair do primeiro capítulo. Não sei porque eu não gostei mas simplesmente não consegui prosseguir. Talvez porque prefiro gatos à cachorros, então não me chamou tanta atenção (apesar de eu AMAR o filme). Eu quero MUITO ler esse livro, acho que dele eu vou gostar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Talvez seja pq não gosto de animais de estimação, mas não gosto de filmes de animais, e livros, então...
    A estória parece bonitinha e tal...tem uma liçãozinha, mas, não me conquistou :p

    ResponderExcluir
  6. Muito tocante essa história baseada em fatos reais e também a maneira como James Bowen encontra esse gato especial e a amizade especial que surgiu.

    Um livro que se transforma em algo mais com uma história emocionante e a bela amizade entre James e Bob.

    ResponderExcluir
  7. Maravilha, tb adoro animais, especialmente gatos. E Bob deverá entrar na minha lista de leituras, quero mesmo! Gosto de histórias reais, com seus dramas e possibilidades, além das desventuras q existem - e como - nesse mundo de meu Deus. Quem não convive com um gato não sabe o quanto ele é amigo e companheiro, além de ter personalidade forte.

    ResponderExcluir
  8. Michelli Santos Prado28 de agosto de 2013 17:16

    Impossível não se encantar com livros que falam de animais. Quero muito conhecer está historia. Gosto muito de animais,apesar de não ter gatos. E por ser fatos reais só aumentam minha curiosidade...

    ResponderExcluir
  9. Não gosto muito de gatos, mas tenho que confessar que Bob é muito lindo. Só agora percebi o gatinho "brincando" com a logomarca da NC no canto da capa, as patinhas nas páginas devem ser muito fofas também!
    O livro não entrou pra minha lista de desejados, mas se tiver uma oportunidade lerei com certeza.

    ResponderExcluir
  10. Caramba! Um dos livros que ta na minha lista a um tempo já. Meu namorado vive implicando dizendo pra comprar porque ele quer ler, e como sabe que amo ter minha estante cheeeeia de livros ele quer que eu compre. haha Sério, tenho muito interesse nesse livro!

    ResponderExcluir
  11. Entre gatos e cachorros, prefiro cachorros. Mas desde um tempo ouvi dizer sobre o Bob, e agora mais do que nunca quero muito conhecê-lo esse gato que faz o maior sucesso. Por se tratar de uma história real me deixa mais curiosa. Recomendação anotada.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  12. Ana Carolina Lopes30 de agosto de 2013 09:49

    Não sou muito fã de gatos , mas o livro com certeza me chamou a atenção pela sua resenha e a de muitos outros blogueiros que estão falando super bem dele , espero poder lê-lo em breve , parece ser muito bom .

    http://theloverbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. A história realmente me parece ser muito bela, emocionante e reflexiva, mas confesso que não sou muito fã desse tipo de livro. As duas experiências que tive com livros em que os próprios autores contam suas vidas não foram muito animadoras.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  14. Ketelin Natieli Wochner31 de agosto de 2013 10:40

    Quando lançou eu não senti vontade em ler o livro. Sei lá, achei que era só mais uma dessas histórias fictícias com um animal fofinho no meio.
    Só depois que fui descobrir que se tratava da vida do próprio autor do livro. Agora, posso dizer que estou louca para lê-lo!

    ResponderExcluir