postado por Funs Hunter em 05 outubro 2013

Li Até a Página 100 e... #6 | Corações feridos



Olá hunters! Como estão?
Esse meme foi criado pela Cibele do Blog Eu Leio Eu Conto e consiste em, através de perguntas, dizermos o que estamos achando do livro que estamos lendo. Sempre ao chegar na página 100, vou postar a minha opinião aqui pra vocês.




Primeira frase da página 100:
... você estiver velho e se esquecendo das coisas, então é ali que você vai acabar. Era para lá que eu estava indo.


Do que se trata o livro?
Sinopse: Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?

O que está achando até agora?
Não sabia o que esperar desse livro, lembro de ter me interessado pela história logo quando vi as divulgações de lançamento no exterior. Corações Feridos é um livro misterioso e comovente!
O grande mistério do livro é o que faz que eu sempre queira ler mais um capítulo. Foi a primeira vez que a forma como os capítulos foram divididos e escritos não me fez achar a leitura cansativa, outros livros que se dividem em presente e passado durante a leitura não conseguiram manter minha atenção todo o tempo durante a leitura.


O que está achando do personagem principal?
As gêmeas são bem unidas, mas se desentendem as vezes. Hephzibah, a gêmea "normal", não quer mais ter a irmã como uma sombra a seguindo pelo primeiro ano no colégio. Rebecca, que possui a Síndrome de Treacher Collins, só queria ter uma vida normal e não ser considerada um monstro. Ela ajuda muito a sua irmã, principalmente quando ela precisa sair com os amigos que fez no colégio. As duas conseguem me deixar bastante curioso, não sei o que esperar de Rebecca e nem o imagino o que Hephzi fez para merecer um fim trágico.
O Pai e a Mãe são extremamente religiosos e transformam a vida das gêmeas em um verdadeiro "inferno na terra".


Melhor quote até agora:


Vai continuar lendo?
Com certeza! Ainda preciso desvendar  mistério que é a morte de uma irmã e o que acontecerá com a outra.
O livro é excelente!



Última frase da página:
Pesarosamente, olhei para meu prato e mexi na salada. Eu não conseguia comer a sopa...






Top Comentarista
Se ainda não está participando, faça sua inscrição AQUI através do aplicativo e leia as regras para não ser desclassificado!







Sobre o Autor:
Paulo Cezar
Paulo Cezar é Administrador e Cofundador do blog, descobriu o fantástico mundo dos livros quando leu, pela primeira vez, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Além dos livros, também é apaixonado por filmes e séries.


17 comentários:

  1. Gostei da capa do livro e da história em si. Já tinha visto outros comentários sobre o livro mais confesso que ele não me chamou tanta atenção assim.
    Aguardarei a resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  2. olha... sem dúvida é um livro interesante, essa carga emocional, quase opressora que as irmãs vivem, sem dúvida é envolvente. a capa e cheia de significado. não sei se eu o leria pra já, talvez porque esteja lendo outro tipo de história, mas com certeza vou lê-lo.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a ideia de através de perguntas, falar sobre o livro.

    Essa história parece ser triste. Não conhecia de nome a doença de Rebecca. Fui pesquisar e me lembrei de um documentário que vi sobre um garoto que tinha essa mesma doença. É extremamente triste a história de pessoas que sofrem dessa síndrome. A criança sofre demais, principalmente com o preconceito e com despesas para reconstrução do rosto e tratamentos médicos. Outro aspecto interessante, é que o livro aborda a outra face dos religiosos. Não tinha conhecimento desse livro.

    ResponderExcluir
  4. Eu também não conhecia nada sobre essa Síndrome Ingrid, comecei a pesquisar para entender melhor como a Rebecca se sentia e como ela era vista por outras pessoas.

    ResponderExcluir
  5. O livro além de ser envolvente é extremamente inquietante Ana. Pela sinopse já percebemos que uma das irmãs chega a falecer, mas ler tudo o que elas passam e tentar deduzir qual foi o motivo e como Hephzi morreu vendo os maus tratos que sofriam, é perturbador!

    ResponderExcluir
  6. Logo postarei a resenha Dany, mas o livro vale a leitura. É forte, mas abre os olhos pra vida que algumas pessoas com essa síndrome acabam levando!

    ResponderExcluir
  7. Pelo que li aqui, a história é bem intrigante, cheia de segredos e me parecem ser tenebrosos. Coitada da Hephzibah ter um fim tão trágico. Só espero que Rebecca tenha um destino melhor e que ela descubra um jeito de escapar com vida. Muito legal isso, adorei conhecer parte dessa história e espero conseguir ler também.

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho lido tantos comentários bons sobre este livro que me arrependi de não ter pedido, viu? Mas tá anotado aqui. Quem sabe não solicito depois pra editora? Parece ser uma história incrível!
    Vou aguardar sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Essa história é cheia de mistérios e foi por isso que eu solicitei o livro à editora. Estou ansiosa para lê-lo e depois de ler seu post fiquei mais ansiosa ainda. ;)

    ResponderExcluir
  10. Oi Paulo, acabei de ler e achei o livro maravilhoso. Me emocionei em muitas partes. Uma pena saber que estas coisas acontecem na vida real.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Até hoje não tinha lido nada do livro que me deixasse curiosa o suficiente pra comprá-lo, mas depois dos seus comentários sobre o livro, me interessei demais!
    Quero muito ler, o quanto antes, rápido! haha

    ResponderExcluir
  12. Quero ler, mesmo sabendo que o livro é triste com momentos de indignação e preconceitos. Parece ser daqueles livros fáceis e rápidos de ler, mas que difíceis de esquecer e que nos fazem refletir sobre a vida.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  13. Se fosse apena pelos título e capa, não o leria, mas agora que sei que rola um tipo de suspense no meio, me animei um bocado. Legal saber que ele tem um ritmo interessante, e a narrativa não é massante.


    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  14. Estou ansiosa para ler esse livro.
    Quando ele foi lançada eu não dava muito por ele, mas depois de tantas pessoas falarem bem eu fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  15. Esse livro esta tendo ótimas críticas na blogosfera. Estou criando coragem para pega-lo, mas preciso terminar alguns livros antes...

    ResponderExcluir
  16. o livro é incrível... não consegui parar de ler, embora eu pausasse em certos momentos pra criar fôlego e deixar a raiva dissipar... senti mta raiva de como as duas eram tratadas pelos pais...

    ResponderExcluir
  17. Adoro este tipo de post!!
    Estou louca para ler este livro, um livro cheio de mistérios e suspense!! Ele já está na minha lista de desejados!!

    ResponderExcluir