postado por Funs Hunter em 12 maio 2014

Resenha | Alvorada dos Aspectos

Autor: Richard A. Knaak
Editora: Galera Record
Páginas: 336
Skoob
Compre

Sinopse: A incerteza aflige os guardiões de Azeroth enquanto lutam para encontrar um novo propósito. O dilema preocupa Kalecgos de forma especialmente intensa. Tendo perdido seus poderes, o mais jovem dos antigos Aspectos Dragônios precisa entender como ele - ou qualquer um de sua espécie - pode fazer alguma diferença na ordem das coisas. A resposta está no passado remoto, quando bestas selvagens chamadas protodracos governavam os céus. Por meio de um misterioso artefato encontrado perto do coração de Nortúndria, Kalecgos testemunho esta violenta era e a surpreendente história dos Aspectos originais: Alextrasza, Ysera, Malygos, Neltharion e Nozdormu. Em sua mais primitiva forma, os futuros protetores de Azeroth precisam se unir contra Galakrond, uma criatura nefasta que ameaça a existência de sua espécie. Mas esses simples protodracos teriam sido capazes de enfrentar tal adversário sozinhos... ou um poder desconhecido os ajudara? Teriam recebido a força pela qual se tornaram lendários? Ou a conquistaram com sangue? As respostas estão ao alcance de Kalecgos. E essas revelações vão mudar tudo o que ele acreditava saber sobre os eventos que levaram... à Alvorada dos Aspectos.



Eis que finalmente Azeroth passa por um momento de tranquilidade. Depois da grande batalha contra Asa da Morte, onde os Aspectos da Magia sacrificaram seus poderes para conseguir a vitória, as coisas caminhavam em paz.

A história inicia com a reunião entre os quatro ex-aspectos, que agora se viam num difícil dilema: “Qual é o nosso papel nesse mundo? Por que manter o grupo unido se nem nossos poderes temos ? No que somos úteis?”. Baseado nisso, os ex-aspectos mais velhos levantam a ideia de acabar com o grupo, deixando o mais novo deles, Kalecgos, totalmente perdido e inconformado.

Azeroth  sobreviverá sem nós. Você sobreviverá sem nós.
Página 45

É a partir daí que tudo se desenrola. Logo no finalizar da reunião, quando os demais dragões já haviam partido, Kalecgos encontra  um artefato que pode mudar o rumo dos fatos. Por influencia do mesmo, Kalecgos viaja no tempo e passa a acompanhar todos os fatos ocorridos quando os ex-aspectos receberam seus poderes. Ele vê tudo pelos olhos de Malygos, o aspecto que lhe sucedeu como aspecto da magia.

Com isso, Kalecgos acompanha a batalha travada contra Galakrond, um dragão gigantesco e terrível, que quase causou o fim da vida em Azeroth  a milênios atrás. Como naquela época os dragões eram, na maioria irracionais, restou a cinco aspectos a difícil missão de conter Galakrong.

Bom, o leitor deve ter percebido que agora eu mencionei ”cinco” aspectos e não quatro como anteriormente. É por que inicialmente eram cinco. Lembram do Asa da Morte, que também mencionei, antes de se tornar o vilão, foi fundamental na batalha contra o protodraco gigante, tornando-se um dos primeiros aspectos.

Entre passado e presente, tudo vai acontecendo e trazendo segredos antigos à tona. Os mistérios do início das revoadas dragonicas vão sendo revelados.

Confesso que tive um pouco de receio ao iniciar a leitura desse livro. Por não ter lido nenhum anterior, imaginei que não iria compreender algumas coisas, porém, fora tão bem escrito que em momento algum deixou-me desorientado. Juntando-se a isso, uma ótima edição por parte da editora, revelou-se um livro muito interessante de ser lido. Não apenas por aqueles que conhecem e gostam do jogo, mas também a todos que admiram uma bela história. Gostei muito da capa dele, apesar de achar as anteriores mais bonitas. O desenho é simples, mas os detalhes escritos eliminam qualquer desgosto. Além do mais, conseguimos imaginar a magnitude de Galakrong perante os demais dragões.

Espero que também gostem da leitura. Espero em breve ter em mãos os outros exemplares já lançados! Senti até vontade de jogar World of Warcraft!

Boa leitura!









Sobre o Autor:
Evandro
Evandro é Colaborador do blog, fascinado por Animes, tecnologia e games. Apaixonado por leitura e professor nas horas vagas. Nada criativo para terminar essa biografia e apressado para assistir e ler logo após.


13 comentários:

  1. Ana Carolina Ribeiro12 de maio de 2014 10:13

    Não é meu tipo de livro
    Talvez meu marido goste

    ResponderExcluir
  2. Não é muito meu estilo!
    Valeu a dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Amo essa série. Estava doida pra saber deste livro. Com certeza vou amar me aventurar nessas páginas e me apaixonar mais ainda por esses belos dragões. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Não fiquei muito afim deste livro. Não é o tipo de história que eu gosto. Mas tenho certeza que muitas pessoas gostam, e as que assim são, irão aproveitar bastante.

    ResponderExcluir
  5. pois é, eu conhecia o jogo, e até me surpreendi com o lançamento dos livros. sem dúvida, continua o universo mágico, cheio de tramas. as capas dessa série eu acho muito bacanas, foi uma aposta certa da galera record.

    ResponderExcluir
  6. Faz muito tempo que não jogo nada, ou seja, estou completamente por fora desse mundo game. No início dessa resenha, me vi um poco confuso, pois foram informações demais pra mim. kkkkkk No entanto, você disse que o livro é muito bem escrito e explicadinho, então esse receio de ler e não entender, já foi embora. Vou dar uma conferida, sim!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  7. Eu não conhecia este livro, parece ser bom. Vou procurar outras resenhas para saber um pouco mais.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  8. Sinceramente eu ainda não me abri para estes livros que partem de jogos... não sei se vou me adaptar bem ao enredo hahahaha, mas vou anotar aqui, sua resenha me deixou curiosa, quem sabe uma hora destas dou uma chance a ele! ;)

    ResponderExcluir
  9. Eu não curto livros que são baseados em jogos. Gosto de cada um no seu quadrado...
    Por isso, não me interessei por esse livro. Adaptar um livro pro cinema é uma coisa...a linguagem é parecida. Agora adaptar um jogo para livro? Tenho minhas dúvidas...mesmo você afirmando que o livro é bom e que te deu vontade de jogar. Hehehe

    ResponderExcluir
  10. Meu irmão joga esse jogo e fica direto me mandando ler os livros, mas cadê que ele compra os livros para mim? kkkkk Bom, eu gostei da resenha e confesso que já estava interessada na história de wow, mas com a sua resenha senti um pouquinho mais de vontade de ler, só que prometi para mim mesma não comprar mais livros, então ele terá que esperar um bom tempo :C
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Douglas Fernandes31 de maio de 2014 10:09

    Eu nao joguei esse
    jogo, mas nao consigo associar o jogo e um livro, é bom mesmo? o que esperar do
    livro? eu tenho um dos livros dessa série aqui, nao estou lembrado qual, mas
    ainda nao deu vontade de ler.

    ResponderExcluir
  12. karolyne kazakeviche31 de maio de 2014 15:32

    Ainda não li nenhum livro de games =(
    Mas sinceramente tenho muita vontade, pois amo jogar.
    Mas quando vi alguns... são tantos volumes que misericórdia kkkk esperando apenas uma oportunidade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  13. Meu lado geek fica doidinho para ler e jogar e mergulhar de cabeça em tudo sobre esse universo!
    Acho simplesmente genial quando as mídias se complementam, sejam jogos com livros, filmes, séries etc.

    ResponderExcluir