postado por Funs Hunter em 30 outubro 2014

Resenha | Em Nome do Mal

Autor: James Oswald
Editora: Record
Páginas: 336
Skoob
Compre

Skoob: A violência paira sobre Edimburgo. O corpo mutilado de uma jovem, vítima de um ritual macabro ocorrido há sessenta anos, repousa no porão de uma mansão. Os braços abertos, as mãos pregadas no piso de madeira, os órgãos removidos e dispostos em seis recipientes de vidro em torno da vítima. Além disso, uma proeminente figura local é brutalmente assassinada, um imigrante ilegal corta a própria garganta em um bar no centro da cidade, uma mulher se joga na linha do trem e outras quatro pessoas são mortas de forma violenta. O inspetor Anthony McLean tem certeza de que há uma ligação entre os assassinatos, os suicídios e o ritual no porão, mas não consegue encontrar uma explicação racional para os fatos. Na medida em que as coincidências aumentam, ele é forçado a considerar uma explicação sobrenatural. Poderia existir algo diabólico rondando a cidade que ele jurou proteger? Se sim, como detê-lo? As respostas que McLean procura logo farão com que se depare com a própria essência do mal. 



Sabe aqueles livros entediantes que trava a leitura e a gente não tem ânimo pra continuar? Pois bem!!  Esse está longe de ser assim. Mesmo seguindo o padrão dos livros de gênero policial e investigativo, ele é...como posso dizer? .. é atraente.
Eis que conhecemos o inspetor Anthony Mclean. Personagem que com certeza deixará suas marcas neste e nos livros sequentes do autor, sendo este o primeiro de outros que o autor o coloca como personagem principal.

Porém o inspetor-detetive Anthony Mclean nunca conseguia resistir a algo que existia nas luzes azuis intermitentes, no furgão da perícia, nos policiais montando barreiras.
Página 07


A história se passa na cidade de Edimburgo. Uma cidade tranquila que se vê agitada com uma série de crimes estranhos que começam a ocorrer. Além de crimes atuais, Mclean também se depara com um crime há muito tempo cometido. É ai que as coisas se desenrolam. Crimes acontecendo sem explicações e um mistério antigo a ser solucionado. Será que há alguma ligação entre eles?

...era muito mais importante pegar um assassino que cometera um crime há apenas 24 horas. Então porque ele sentia necessidade de se concentrar na morte da garota?
Página 65

Como toda boa história de investigação, temos que contar com outros personagens que, de alguma forma, contribuem para chegar no auge da trama. Eis que muitos passarão por aqui e logo ganharão o carinho do leitor. Alguns por serem rabugentos e outros por além de ótimos profissionais, possuir uma empatia cativante.

Com o passar dos capítulos, e isso eu amo nesse tipo de história, fatos novos vão acontecendo e tornando tudo cada vez mais empolgante. Sabe quando você acha que está solucionando o caso e do nada vê suas teorias irem pro ralo? Realmente isso me atrai muito!
Algo que gostei muito, também, foi como o autor descreve alguns fatos, principalmente algumas mortes, de forma tão clara e não deixando nenhum detalhe escapar. Confesso que em alguns casos isso me deu calafrios, porém deu uma realidade a mais a tudo.

Ela para e agarra as entranhas que começam a cair no chão, colhendo-as de volta com um braço, o outro ainda estendido para ele .
Página 63

Bom, amo histórias totalmente imprevisíveis e que nos fazem pensar, e muito, no que pode vir no decorrer do próximo capitulo. Gostei muito do livro! A capa, apesar de não ter gostado tanto, acho que foi uma boa escolha, retrata o lado meio macabro da história. Nos demais quesitos o autor e editora estão de parabéns, pois foi um ótimo trabalho. Vale lembrar que este é apenas o primeiro livro de uma série protagonizada pelo inspetor Mclean. Confesso já estar ansioso para os próximos e espero que sejam traduzidos logo.


Espero que gostem do livro e uma boa leitura a todos!






Sobre o Autor:
Evandro
Evandro é Colaborador do blog, fascinado por Animes, tecnologia e games. Apaixonado por leitura e professor nas horas vagas. Nada criativo para terminar essa biografia e apressado para assistir e ler logo após.


14 comentários:

  1. já anotei o nome! amo um bom livro de suspense policial e esse é o caso de Em Nome do Mal. é um livro bem imprevisível, cheio de situações limites, e que pegam o leitor de surpresa. putz, essa capa ! kkkkkk macabra! tá na minha lista com certeza!

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você, essa capa não é muito legal rsrs
    Eu amo livros imprevisíveis, e esse é bem assim né. O fato de ser um livro cheio de mistérios e investigações me atraiu e com sua resenha fiquei bem convencida de que preciso lê-lo.
    Esse já foi pra a minha infinita lista.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  3. Evandro!
    Carecemos na atualidade d bons livros policiais.
    Confesso que pelo título achei que era livro de terror e fiquei bem feliz por ser suspense.
    Gosto de trechos detalhados e que causam calafrios.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Em nome do mal parece ser empolgantemente macabro, pela sua resenha me interessei pelo livro, pena o inspetor não estar nas outras sequencias. A capa não é tão feia assim.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Adoro temas de suspense. É um prato cheio de emoções. Com certeza vou ficar vidrada lendo este livro. Obrigada por me apresentar esta maravilha. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Já vi outra resenha sobre esse livro e desde então não me interessei nem um pouquinho por esse livro... Começa pelo fato que eu não curto muito histórias policiais... E piora com o fato de que esse livro parece ser bem violento e precisar de estômago forte para ler todas as cenas dos assassinatos (coisa que eu definitivamente não tenho)... A capa eu não gostei, pelo contrário, mal consigo olhar para ela... Parece ser interessante pra quem gosta, mas realmente não serve pra mim...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ótimo, curto muito livro policial e suspense, pela capa e título tinha pensado que era de terror, mas parece que essa história também é de arrepiar.

    ResponderExcluir
  8. Não nego que achei interessante toda premissa do livro, mas não tenho coragem de ler, não gosto de livros de suspenses por que fico meio "impressionado?" tenho imaginação fértil e imaginar coisas é bem fácil para mim haha :P A capa do livro é meio creepy e forte para uma capa, por ela não leria o livro!!

    Xo
    Re.View

    ResponderExcluir
  9. Meu, como não ler o livro com essa capa? Eu sou completa e irreversivelmente fissurada por livros de suspense, quando eles misturam investigação então, viram pratos cheios pra mim. Adorei a premissa do livro, e é muito bom saber que ele não entendiante. Se bem que eu acho que não teria como ser, mas enfim hahaha parabéns pela resenha :D

    ResponderExcluir
  10. Cá estou eu para comentar sobre investigações policiais, que é um gênero que eu gosto DEMAIS. Meu coração bate mais rápido só em pensar o "passo a passo" desse gênero e tudo mais. Fico feliz em saber que "Em Nome do Mal" consegue traçar uma história incrível mesmo estando no plano do gênero levar ao enfadonho. E isso só me deu mais vontade ainda de ler, e descobrir o que cerca essa cidade, e que tipo de fenômeno sobrenatural está acontecendo. Amei mesmo Evandro, ótima resenha;

    ResponderExcluir
  11. Achei em macabro e assustador, o meu tipo de leitura que está entre meus favoritos. Que susto quando li "sabe aqueles livros entediantes", Os crimes são bem misteriosos e quero descobrir como Anthony vai desvendar isso, acho legal também na leitura, quando estamos todos empolgados achando que algo vai acontecer e tudo sai voando, e você fica de mente vazia e se perguntando como e por que.Que medonha a quote pg63. Realmente conta tudo com detalhes.. Espero que tenha mais livros da série em breve, pretendo acompanhar.. e ah, achei a capa coerente até, não dá pra ver se é real ou editada demais a mão, mas ficou bem interessante.
    Beijos Evandro, Até mais.
    ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  12. A premissa do livro é muito promissora. Como adoro livros de terror/suspense e policiais, acho que a junção dos dois temas me prenderá à leitura.
    Bela resenha.....fiquei com aquele coceirinha de vontade de ler logo!

    ResponderExcluir
  13. Depois que vi a capa e li a sinopse do livro fiquei meia assustada, pensei que era um exemplar do gênero terror. Não gosto muito de livros de terror, as vezes vejo alguns filmes mais bem pouco.
    Mas voltando ao assunto, gosto bastante do tipo gênero policial, mais nunca li nenhum livro de suspense. (Só filmes)
    Gostei bastante do livro, achei um tanto macabro. Mas mesmo assim o enredo é bastante envolvente e maravilhoso.

    ResponderExcluir
  14. Caramba, se o livro for mesmo tudo isso que você descreve aqui, preciso adquirí-lo "pra ontem".
    Adoro tramas policiais, histórias macabas, livros que me instigam a pensar e derrubam minhas teorias por terra.
    E você me deixou muito curiosa. PRECISO saber o final disso tudo.

    ResponderExcluir