postado por Funs Hunter em 05 maio 2015

Resenha | Filhos de Lilith - O Despertar

Série: Filhos de Lilith
Autora: Elaine Velasco
Editora: Madras Teen
Páginas: 160
Skoob
Compre

Sinopse: Alice não se lembra de seu passado, de quem era ou de onde veio. Fatos por ela desconhecidos sobre sua antiga família humana e sua ascendência a ligam diretamente a Lilith, a mãe dos súcubos e íncubos, senhora do inferno, esposa de Lúcifer e rainha das bruxas, tornando-a objeto de desejo de todas as criaturas da noite. 
Tudo que Alice sabe é que seu corpo anseia desesperadamente por sangue e prazer. E, para saciar-se, está disposta a tudo. É assim que Carol a encontra, no centro de São Paulo, e oferece-lhe abrigo, proteção e esclarecimentos. Entretanto, há também um antigo clã de vampiros interessados na garota, que não hesitará em tentar aliciá-la, usando como artifício o belo e sedutor João Eduardo. Batharyal, um notório anjo caído, rei dos ladrões, também possui seus próprios planos para a confusa Alice e entrará nessa disputa. 
Porém, uma estranha força a mantém ligada a seu criador, o excêntrico íncubo Alejandro, que conhecendo-a como ninguém, não hesitará em lançar mão de sua maior fraqueza: o amor por um humano…


Filhos de Lilith é uma série que eu esperei com muita calma, mas já achei que estava demorando um pouco pra sair. O motivo? Alice Layil!
Alice foi um personagem que me conquistou durante a leitura da Trilogia Limiar, mesmo não sendo a protagonista, o sofrimento dela é de emocionar qualquer leitor. Quando ela desapareceu (Elaine, só te perdoei por causa desse novo livro!) eu não acreditei no que estava acontecendo. Só restou esperar por esse lançamento para descobrir o que o futuro reservava para a jovem Alice.
– Está com medo, menina? Pois deveria estar mesmo - afirmou ele, abrindo um sorriso imaculadamente branco.
Ao ouvir essas palavras, Alice deu as costas àquele homem tão assustador e, mal principiou a correr, foi golpeada na cabeça, caindo inerte no chão.
Página 10

Alice conseguiu escapar de seu sequestrador e levou com ela uma outra garota que ele acabara de sequestrar. Sem entender o que estava acontecendo, e o motivo de tal ocorrido, ela encontra refúgio com Carlos e Melissa, a outra garota sequestrada.
Sabendo que algo está diferente, mas sem entender o que está acontecendo, Alice se transformará em algo que ela nunca imaginou existir. Ela necessita de sangue para a sua transformação se concretizar e, em um momento de fraqueza, Carlos e Melissa não estarão em segurança junto dela.
Com a última etapa da transformação completada, Alice foge da casa dos amigos e acaba encontrando Tiago, seu antigo namorado, e rouba sua moto. O caminho até a capital, São Paulo, não foi o dos melhores para ela nesse dia!
Sem ninguém para lhe explicar ou ensinar alguma coisa, Alice passa os os dias se alimentando de pessoas que não farão tanta falta à sociedade e também para não chamar tanta a atenção para o que estava acontecendo. Foi em dia que já havia escolhido sua presa, um traficante, que ela conhece Carol. Sua nova existência mudará de rumo em pouco tempo!
Deitou-se sobre ele e cravou os dentes afiados em seu pescoço, abrindo sua carne, alcançando sua jugular, interrompendo o fluxo sanguíneo para seu coração. Começou a sugar seu sangue quente, doce, revigorante.
Página 26

Valeu a pena esperar! Elaine Velasco não se esqueceu de Alice, que conquistou admiradores em sua primeira trilogia. Como nova protagonista, ela ainda está se acostumando com sua nova condição. Não é fácil saber tudo sobre os vampiros de um dia para o outro.
Carol se mostra uma grande amiga. Transformada bem antes que Alice, ela a leva até seu apartamento e lhe explica algumas coisas, até mesmo sobre seu criador, Sebastian, e o relacionamento entre os dois. Apresenta o local onde dormem durante o dia e não foi só Alice que se espantou. O sarcófago possui uma tela para assistirem TV ou acessar a internet. Ah! Elaine, não precisava contar pra todo mundo que a conexão por aqui não é das melhores viu rsrsr.

Não pensem que a vida depois da transformação é fácil. Existem regras para seguir e não serem descobertos. Mesmo vivendo na casa de Sebastian, outro grupo está de olho em Alice, o de Victor Alesi. O que ela tem para levantar tanto interesse assim?
O passado ainda assombra a jovem protagonista da história e ela acaba fazendo algo completamente irracional. Ela foi capaz de matar! Alguém que conhecemos muito bem, seja desse ou dos outros livros. Me espantei quando aconteceu, mas lembrando os acontecimentos que a autora colocou de Refúgio (3º livro da Trilogia Limiar), era de se esperar que algo assim pudesse acontecer.

A história da família Layil está presente na primeira série da Elaine, Alice faz parte dessa família! O livro pode ser lido sem a necessidade de conhecer a outra história, mas alguns pontos levantam uma dúvida e interesse em conhecer o que se passou com Ester, sua irmã. As histórias se relacionam em um determinado ponto onde só quem leu a Trilogia Limiar vai entender. Sim, eu sei o que acontece e não vou contar! =P

Tem romance no livro? Tem sim! João Eduardo é um cafajeste, mas acaba fisgando a nova integrante do mundo sobrenatural. Difícil saber o que ele realmente pretende, e não sei se vou torcer pra Alice ficar com ele. Não depois daquele final!
O desfecho me deixou desesperado... Cadê a continuação Elaine? Preciso saber o que vai acontecer, principalmente com o criador da Alice...

Com uma narrativa fluida e acontecimentos que te deixam ansioso para descobrir o que irá acontecer, Filhos de Lilith - O Despertar é um livro rápido, misterioso e completamente viciante! Ganhou, como os outros da autora, um cantinho entre os meus livros favoritos.





O exemplar foi recebido como cortesia da editora.











Sobre o Autor:
Paulo Cezar
Paulo Cezar é Administrador e Cofundador do blog, descobriu o fantástico mundo dos livros quando leu, pela primeira vez, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Além dos livros, também é apaixonado por filmes e séries.


10 comentários:

  1. Desde a primeira vez que eu via essa capa linda eu soube que queria ler, e a cada resenha mais eu quero.

    ResponderExcluir
  2. eu havia lido uma resenha de outro blog, sobre este livro e tinha desanimado um pouco, mas vc conseguiu reacender a minha curiosidade.
    amo tudo com temática sobrenatural e devo dizer que vampiros, súcubos, anjos e demônios é uma excelente combinação.
    o que será que essa Alice tem que faz com que todos a queiram?
    será que mesmo ela, sabe?

    ResponderExcluir
  3. Primeiro vou elogiar essa capa. Muito bonita mesmo. Achei massa ser iniciada uma nova série com personagens já conhecidas da série anterior. Apesar de não ser muito fã de vampiros, acho que daria uma chance a esses livros da Elaine, afinal, é uma autora nacional.


    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro. Quando vi essa capa linda de morrer, fiquei interessada. Mas quando comecei a ler a sinopse e sua resenha...aff. Convenção de monstros gente? É súcubo,,,vampiro...anjos caídos...fala sério! Tô fora! Prefiro livros mais...focados.

    ResponderExcluir
  5. Assim, quando eu li a obra achei sem nexo, porém eu entendi que era porque eu não havia lido a trilogia anterior a essa, então eu meio que me perdoei. A história é legal, e tudo mais... só fiquei triste com a abordagem do aborto (a forma como foi abordado), mas entendi após alguns comentários da autora sobre o que ela queria com essa passagem. Ainda não sei sobre o que senti na obra... Esperarei pela continuação pra saber.

    ResponderExcluir
  6. RUDYNALVA SOARES25 de maio de 2015 00:14

    Paulo!
    Bom poder esperar um livro com uma personagem que gostamos muito em outro livros, prova que teve destaque.
    Gosto muito do tema vampiros e ver aqui que a coitada nem teve uma orientação quando foi transformada, é bem doloroso de acocmpanhar.
    Gostaria de ler.

    Desejo uma ótima
    semana!!

    “O começo é a metade
    do todo.”(Platão)

    Cheirinhos

    Rudy

    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Achei a capa linda. O tema nem tanto, vampiros já um tema batido. A sinopse me deixou meio confusa, mas lendo a resenha fui entendendo melhor e me gostei da história. Estou valorizando a literatura nacional, e é bom ler alguns lugares que até já fui. Quero ler os outros livros da Elaine.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Nossa o livro parece ser ótimo, curto muito seres sobrenaturais, essa série promete, fiquei bastante interessada em conferi isso tudo.

    ResponderExcluir
  9. Nossa o livro parece ser ótimo, curto muito seres sobrenaturais, essa série promete, fiquei bastante interessada em conferi isso tudo.

    ResponderExcluir
  10. A personagem deve ser bem cativante, de secundária passou a principal. Não li a primeira série ainda mas também quero ler. O que sei de vampiros é por Edward e Bela, hahhaa, preciso ampliar meu mundo "vampiresco". Se é um livro viciante, então está pra mim.

    ResponderExcluir