postado por Matheus em 01 julho 2015

O Que Passou Por Meus Fones #48

Boa noite, fiéis hunters! Tudo bem com vocês?
Como prometido na segunda-feira, aqui estou eu para lhes mostrar mais um pouco do que ouvi durante este ano. Assim como no post anterior, grande maioria dos discos aqui são lançamentos do ano passado, mas também têm três ótimos lançamentos desse ano. Confiram e me digam se conheciam muitos dos artistas e bandas que ouvi.
Quer ver um disco que vocês gostam aqui na coluna? Sugiram-o nos comentários! Regrinhas gerais para sugestão aqui.


How Big, How Blue, How Beautiful | Florence and the Machine
Quatro anos após a obra-prima “Ceremonials” enfim a banda Florence and the Machine lançou um novo disco. A espera valeu a pena. Deixando de lado boa parte de seu quê lírico, aqui a banda entrega um disco mais despojado, não tendo medo algum de abusar da guitarra e do trompete, dois instrumentos que ganharam destaque no álbum. Os vocais magníficos da Florence soam ainda mais belos neste disco poderoso e emocionante.
Melhores Faixas
  • What Kind Of Man
  • How Big, How Blue, How Beautiful
  • Queen Of Peace
  • Caught
  • Third Eye
  • Which Witch (Demo)
Ouçam a fantástica faixa-título, com destaque para o grandioso instrumental ao final.


Burn Your Fire For No Witness | Angel Olsen
A melancolia é uma dádiva à ser usada com moderação por todos. Exceto por Angel Olsen. A desconhecida cantora e compositora americana faz questão de colocar uma grande dose de melancolia nas 11 faixas desse disco, o segundo de sua carreira. Porém, isso não soa melodramático nem forçado; pelo contrário, sua melancolia soa sincera, o que faz com que nos emocionemos em diversos momentos desse simplório, porém belo disco.
Melhores Faixas
  • Unfucktheworld
  • Forgiven/Forgotten
  • High & Wild
  • Windows
Se conseguirem suportar, confiram toda a melancolia de Angel com “Unfucktheworld”.

Morning Phase | Beck
Beck é um artista já consolidado no mundo da música. “Morning Phase”, seu nono álbum, teve boas vendas e ainda ganhou o Grammy de álbum do ano, desbancando o queridinho “BEYONCÉ”. Merecido? Talvez nem tanto, o que não o torna “menos bom”. A calmaria de suas melodias que beiram o folk caem como uma luva para a voz de Beck, criando assim canções folk simples, porém sofisticadas, capazes de agradar os mais diversos ouvintes.
Melhores Faixas
  • Morning
  • Heart Is A Drum
  • Blue Moon
  • Country Down
  • Waking Light
Assistam ao videoclipe da bela “My Heart Is A Drum” abaixo.

Parachutes | Coldplay
Desde o começo de sua carreira o Coldplay soube muito bem mostrar à que veio. “Parachutes”, seu disco de estreia, se constrói sobre um rock tipicamente britânico, o que fez com que ganhasse grande fama. Fama que segue o disco até hoje, afinal é dele que saiu um dos maiores clássicos da banda, “Yellow”. De toda forma, o disco realmente merece sua fama; a mistura de vocais emotivos, melodias simples e composições sentimentais resultou num disco simplório, porém sincero e por vezes emocionante.
Melhores Faixas
  • Shiver
  • Yellow
  • Trouble
  • Everything’s Not Lost
Reouçam a clássica “Yellow” abaixo.

Salad Days | Mac DeMarco
Existem discos que, mesmo sem contarem com nada de espetacular, musicalmente falando, conseguem cativar público e crítica simplesmente com sua sinceridade. Este é o caso de “Salad Days”. As melodias de Mac DeMarco são extremamente simples, o que se deve à suas gravações caseiras; as composições pessoais e despretensiosas de DeMarco também não são refinadas, por assim dizer. Contudo, “Salad Days” é um disco agradabilíssimo.
Melhores Faixas
  • Blue Boy
  • Brother
  • Chamber Of Reflection
  • Go Easy
Confiram abaixo o estilo único de DeMarco com “Brother”.

The Pinkprint | Nicki Minaj
Num mercado musical onde o pop prevalece, é fácil encontrar artistas de outros gêneros musicais se entregando ao pop apenas para vender. Dessa forma, Nicki Minaj consegue se destacar por fazer vender (e muito!) seu rap. Tudo bem que o pop esteja presente em diversas melodias, mas aqui o rap é que prevalece, fortalecido pelos vocais incríveis de Minaj em faixas como “The Crying Game” e “Grand Piano”. Juntando a isso diversas participações incríveis, temos um disco de rap fantástico!
Melhores Faixas
  • I Lied
  • The Crying Game (feat. Jessie Ware)
  • Feeling Myself (feat. Beyoncé)
  • Anaconda
  • The Night Is Still Young
  • Pills N Potions
Vejam a mistura de pop e rap, onde o rap prevalece, em “The Night Is Still Young”.

A Praia | Cícero
“A Praia” é o terceiro disco de Cícero. Mais uma vez ele traz aqui sua mistura taciturna de MPB, indie e rock experimental. O resultado é extremamente satisfatório, diga-se de passagem. Para os iniciantes ao seu som, o disco soa estranho à primeira ouvida, mas à medida que os ouvidos vão se adequando ao seu som nós vamos notando as qualidades do disco. Composições poéticas, uso de instrumentos diferenciados e também uma melancolia preguiçosa: tudo isso encontra-se em “A Praia”.
Melhores Faixas
  • A Praia
  • De Passagem
  • O Bobo
  • Terminal Alvorada
Ouçam a doce “Terminal Alvorada” logo abaixo.

Sucker | Charli XCX 
2014 não foi um bom ano para a música pop. Ainda assim, tivemos grandes surpresas, caso do incrível “Sucker”. A personalidade forte, porém também sentimental, de Charli XCX foi mostrada com maestria neste disco, repleto de melodias rápidas e fortes, sempre se completando com os vocais camaleônicos de Charli. Um disco que pode parecer despretensioso, mas que na verdade possui uma coragem verdadeira em seu ritmo pop-rock ágil. 
Melhores Faixas
  • Break The Rules
  • Boom Clap
  • Doing It
  • Famous
  • Hanging Around
Vejam o videoclipe de “Break The Rules” e confiram o pop punk confiante de Charli.

Too Bright | Perfume Genius
Perfume Genius é um completo desconhecido para boa parte do mundo. Seu pop alternativo repleto de elementos de glam rock é sofisticado demais para entrar nos charts de sucesso. Mesmo com melodias incríveis, o que mais chama a atenção neste grandioso disco é seu sentimentalismo. As composições que sempre giram em torno da homossexualidade ganham vida com os vocais magníficos de Perfume, transformando músicas singelas em baladas sentimentalmente arrebatadoras.
Melhores Faixas
  • Queen
  • Fool
  • Longpig
  • Too Bright
Sintam-se inebriados por Perfume Genius em “Queen”.

Doolittle | Pixies
Aqui está outra banda já pouco conhecida atualmente, mas que deixou seu legado no mundo da música. Conhecida por seu rock alternativo sagaz, neste disco, o segundo da banda, eles procuraram um som mais limpo, mas ainda assim forte, que mostrasse a essência da banda. E conseguiram! As faixas do disco se completam com suas melodias que beiram o punk e outras que quase se compraram ao pop-rock dos anos 1990. As composições obscuras formam um contraste ainda mais interessante...
Melhores Faixas
  • Debaser
  • Wave Of Mutilation
  • Here Comes Your Man
  • Monkey Gone To Heaven
  • There Goes My Gun
Confiram o lado mais “acessível” dos Pixies com “Here Comes Your Man”.

Babel | Mumford & Sons
Se a intenção do Mumford & Sons era levar o folk para as rádios pode-se dizer que eles obtiveram sucesso. Este disco, completamente produzido sob o folk, foi um dos discos mais vendidos em 2012. Depois de ouvi-lo, não é difícil entender o porquê. As contagiantes melodias folks são a combinação perfeita para todas as composições românticas, resultando assim em belas canções folk sentimentais. Uma fórmula perfeita para o sucesso.
Melhores Faixas
  • Babel
  • I Will Wait
  • Hopeless Wanderer
  • Broken Crown
Se ainda não conhecem, conheçam o folk da banda com “Babel”.

Coastal Grooves | Blood Orange
Só quem já ouviu o magnífico “Cupid Deluxe” sabe o quão grande é o talento de Dev Hynes. O produtor e artista possui um estilo único, que remete a um pop retrô, mas ainda assim com um quê inovador. Isto já pôde ser notado neste disco, o primeiro do seu projeto musical Blood Orange. Mesmo sendo produzido por Ariel Rechtshaid, o disco possui a essência de Hynes, desde suas composições até suas melodias retrôs. Mais uma prova de que Dev Hynes é um nome que deve ser levado à sério.
Melhores Faixas
  • Stuphin Boulevard
  • I’m Sorry We Lied
  • Are You Sure You’re Really Busy
  • Champagne Coast
Vejam abaixo a magnífica “Champagne Coast”.
  
My Beautiful Dark Twisted Fantasy | Kanye West
O que Kanye West fez neste disco é algo louco e insano, porém genial. Ao apostar em diversas colaborações, diversos produtores e músicas com melodias completamente diversas, West poderia criar uma confusa cacofonia musical, mas na verdade ele fez um disco que transcende o próprio hip hop. Não à toa o disco é tido por muitos como um dos melhores do século: Kanye West, mesmo que por pouco tempo, sobressaiu à sua má fama para então criar uma obra-prima da música.
Melhores Faixas
  • Power
  • All Of The Lights
  • Monster (feat. Jay-Z, Rick Ross, Nicki Minaj and Bon Iver)
  • Runaway (feat. Pusha T)
  • Lost In The World (feat. Bon Iver)
Confiram um pouco da magnificência deste disco com “Runaway (feat. Pusha T)”.

Froot | Marina and the Diamonds
“Froot” era o disco do qual Marina and the Diamonds precisava. Somente aqui ela nos entregou um disco sólido do começo ao fim, trazendo ainda por cima muita personalidade, algo que faltava em “Electra Heart”. “Froot” consiste em músicas que fluem entre baladas pop até músicas disco, tornando-o um disco eclético, porém nunca perdendo sua essência. Aqui as composições de Marina também estão melhores, assim como seus vocais. Resumindo, um grande avanço para a cantora!
Melhores Faixas
  • Froot
  • I’m A Ruin
  • Blue
  • Better Than That
Vejam o estilo disco-pop de Marina com a deliciosa “Froot”.

The Love Club | Lorde
O sucesso veio rápido à Lorde. Em março de 2013 ela lançou este EP e em setembro do mesmo ano ela lançou “Pure Heroine”. Neste meio tempo veio à fama para “Royals”, fama esse que seguiu a cantora até agora. O motivo para isso é óbvio, Lorde possui um talento sútil, porém altíssimo. Seu talento para as composições já podia ser notado aqui, assim como seu grande alcance vocal. As produções quase alternativas complementam seu talento, tornando este EP uma grande prova do talento da artista.
Melhores Faixas
  • Bravado
  • Royals
Já que todos conhecem “Royals”, conheçam “Bravado” logo abaixo.

True | Solange
Com um bom marketing, Solange poderia muito bem ganhar fama sobre sua irmã, Beyoncé. Mas definitivamente não é isso que ela deseja. Este EP, seu último lançamento, vai contra qualquer fórmula de sucesso; ele segue justamente pelo caminho contrário, apostando em melodias simples de soul e música eletrônica, completando assim os grandes vocais de Solange. Num todo, “True” é um disco simplório, mas que mostra a força grandiosa que se esconde por trás de Solange.
Melhores Faixas
  • Losing You
  • Some Things Never Seem to Fucking Work
  • Lovers In The Parking Lot
Confiram todo o talento de Solange com “Losing You”.







Sobre o Autor:
Matheus
Matheus é Colaborador do blog, cinéfilo de carteirinha, leitor compulsivo e aficionado por música. Quando não está lendo, pode-se vê-lo re-assistindo Kill Bill ou então ouvindo música com os seus fones inseparáveis.


6 comentários:

  1. RUDYNALVA SOARES7 de julho de 2015 15:36

    Matheus!
    Tenho certeza que já comentei aqui, mas vamos lá.
    Gosto bem eclético e diferenciado, assim como o meu.
    Alguns não conhecia e fiquei fascinada.
    Amei Cold Play, adoro!

    “Enquanto a cor da
    pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra.”(Bob Marley)

    cheirinhos

    Rudy

    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    Participe no nosso Top
    Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. Uau! Quanta coisa. Alguns eu já conheço e amo, outros estou conhecendo agora. Florence and the Machine eu adoro, Cícero e Coldplay são minhas paixões. Aliás, devo dizer que parei de acompanhar o Cícero, embora sabia que já tinha saído CD novo, é tão bom escutá-lo de novo... é um cantor único. Gostei das escolhas, muitos estilos diferentes, mas que são igualmente bons!

    ResponderExcluir
  3. Eu tava mesmo querendo conhecer alguma música da banda Florence and the machine! Adorei! Vou procurar mais músicas. Amei conhecer Angel Olsen. Gosto de músicas com esse ar melancólico. hehe Coldplay!!! <3 Amo, amo, amo. É uma das minhas bandas preferidas. Amo Shiver e Trouble. Não conhecia Cícero, mas gostei muito. Vou ouvir outras músicas!

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz em saber que conheceu músicas novas aqui no blog! :D

    ResponderExcluir
  5. adorei as musicas todas bem legais, adoro Coldplay, pra mim, sao as melhores musicas.

    ResponderExcluir
  6. Adorei, conhecia apenas uma musica dessas, mas gostei de conhecer novas. Não conheço muita musica pois raramente escuto

    ResponderExcluir