postado por Funs Hunter em 14 setembro 2015

Resenha | O Retorno de Izabel


          

Não, nunca vou poder contar que um assassino me ajudou a fugir, ou que testemunhei Victor matando várias pessoas...
Página 05

Sarai agora leva uma vida normal... ou quase!
Oito meses se passaram e ela ainda pensa a todo instante em Victor Faust, o assassino que a salvou. Determinada a se vingar de uma pessoa que conheceu anteriormente, ou melhor, assassinar, ela planeja uma viagem com uma amiga Dahlia para a Califórnia, viagem essa que o namorado Eric acaba indo junto.
Além do plano não sair como o esperado por ela, uma situação totalmente inesperada a pega de surpresa. 
Sem saber o que fazer e para onde ir, Victor entra em cena para resgatá-la mais uma vez. Os dois terão que arquitetar um bom plano para que Sarai saia da enrascada em que se meteu.

Ele me levou para um lugar que eu nunca tinha visto antes. E eu fiquei lá, sob os cuidados dele, aprendendo a superar meu medo dele, dos outros homens e da vida que fui obrigado a levar. Até que o envenenei enquanto dormia, cinco anos depois, e fugi.
Página 149
Que Sarai não iria esquecer Arthur Hamburg tão facilmente havia ficado claro já no final do primeiro livro, mas que ela seria capaz de uma loucura, sem treinamento e apoio algum, eu já estava duvidando. O rancor e desejo de vingança que ele nutre é daqueles que só amenizam quando a pessoa realmente acha que está tudo resolvido. 
A loucura é tanta que só mesmo Victor para poder lhe ajudar. O problema é que ele agora é um assassino procurado, vivo ou morto.
Adotando o nome já utilizado no primeiro livro, Sarai se transforma em  Izabel Seyfried, e convence Victor a treiná-la para ser uma assassina. Eles realizam algumas missões para ter certeza do que ela era realmente capaz.

Redmerski tinha tudo pra transformar o segundo livro em um completo desastre, a impressão que tive ao iniciar a leitura era que Sarai queria se vingar, Victor a iria salvar, os dois iriam fugir e ficar juntos... Assim como aconteceu no primeiro livro.
A autora surpreende ao mostrar um outro lado da jovem que havia ficado tanto tempo em cativeiro. A força de vontade que ela demonstra, a determinação em realmente se vingar de "quem não presta" faz com que o leitor fique preso as páginas até realmente descobrir o que irá acontecer. Alguns personagens retornam e conhecemos um pouco mais de suas histórias. Niklas continua na Ordem, foi designado a caçar seu próprio irmão. Sarai não gosta nem um pouco dele, visto o que aconteceu enquanto ela estava com Victor ainda na primeira vez. Spencer e Jacquelyn são os primeiros treinadores de Sarai, e eu não quero encontrá-los por nada neste mundo.
Fredrick Gustavsson teve uma breve aparição no primeiro livro da série e desempenha um papel importante em O Retorno de Izabel. Não tinha a minima ideia do que esperar de seu personagem, se é amigo ou inimigo, isso só fica claro quando a história já está bem desenvolvida.
3º livro da série Na companhia dos Assassinos


Prever o que vai acontecer também acontece durante a leitura, mas a forma que acontece é o que mantém o interesse do leitor. A história flui bem e em nenhum momento apresenta situação que ficará sem explicação.

Na Companhia dos Assassinos é uma série que surpreende e te prende, do início ao fim. O modo que a autora termina os seus livros te deixa sedento por mais, mesmo sabendo que os próximos livros irão focar na história de outros personagens. O Cisne e o Chacal, próximo volume, apresenta a história de Fredrick. Só o pouco que foi apresentado nesse volume já me deixou ansioso e cheio de expectativas para essa história.

A editora mantém as capas originais, que são belíssimas e se relacionam perfeitamente com a história. Diagramação simples, com um espaçamento perfeito para não se perder entre as linhas. Sim! Eu faço muito isso quando estou lendo! Não encontrei erros durante a leitura, nem de digitação ou concordância, o que fez a leitura fluir melhor ainda. Com certeza é uma série que vale a pena ter na estante!


Cortesia da editora








Sobre o Autor:
Paulo Cezar
Paulo Cezar é Administrador e Cofundador do blog, descobriu o fantástico mundo dos livros quando leu, pela primeira vez, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Além dos livros, também é apaixonado por filmes e séries.


8 comentários:

  1. Alessandra Fernandes14 de setembro de 2015 20:19

    Ainda não li o primeiro e já estou nervosa para ler o quanto antes já que é uma trilogia e esse segundo me deixou muito ansiosa para saber o que acontece com Izabel por esse desejo de vingança e o desenrolar da trama.
    A escrita dessa autora parece ser impecável, capa é linda e todos que leram falam muito bem.

    Adicionei em minha lista de leitura e espero ler em breve.
    Abçs!!

    ResponderExcluir
  2. Thiago Roza Ferreira15 de setembro de 2015 01:14

    Que legal a história, parece que foca muito mais no suspense do que no romance em si, o que pra mim torna a história ainda mais interessante. Ainda não comecei a ler essa série, mas está na minha lista para começar em breve. O segundo livro me pareceu realmente surpreendente pelo que descreveu, não saiu apenas uma repetição da história do primeiro, muito bem feita a continuação.

    ResponderExcluir
  3. Paulo!
    Ganhei os dois livros e aguardo chegar, porque quero muito acompanhar tudo pelo qual Sarai passou e passa nesse exemplar.

    “Se queres prever o futuro, estuda o passado.”(Confúcio)

    cheirinhos

    Rudy

    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Eita, a cada resenha lida, mais me apaixono por esses livros, nunca pensei que uma historia com tantos assassinos fosse me chamar tanta atenção; não vejo a hora de efetuar minhas leituras.
    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o primeiro livro dessa série, parece ser ótima, gosto muito da escrita dessa autora e cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais interessada em conferi a série.

    ResponderExcluir
  6. oi, oi
    já conhecia o primeiro livro mas nao sabia q teriam mais... inicialmente, nao me interessei pelo livro 1, mas quis ler assim mesmo. dá para ver uma mudança da parte de sarai, pelo q pude perceber. concordo com vc no quesito de capa. as capas realmente sao lindas!
    quero saber mais um pouco o pq dessa sede de vingança da mocinha e entender melhor a história.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Paulo, li apenas sua opinião final para evitar algum acontecimento do livro passado, que ainda não li. Há pouco tempo que conheci a série, logo me encantei e, com algumas resenhas vistas sobre o 1 livro me interessei mais ainda. A ansiedade para O Retorno de Izabel aumenta cada vez mais, inclusive possui um título bem intrigante. Fico feliz que suas reações foram envolventes e surpresas.

    ResponderExcluir
  8. Estes livros são uns ( o primeiro e a continuação são uns dos mais desejados) sempre leio muitas resenhas positivas e tenho muito interesse neste gênero! Estão entre os 10 mais desejados da minha estante! Espero poder ler assim que possível!

    ResponderExcluir