postado por Funs Hunter em 09 novembro 2015

Resenha | Amor Sem Limites


          

Quando encontrar seu motivo para viver, agarre-o. Nunca o perca de vista. Mesmo que isso signifique abrir mãos de outros caminhos




FINALMENTE CHEGAMOS AO FIM DA SÉRIE SEM LIMITES ! E a Abbi Glines não poderia ter dado um final melhor.

AVISO

Por se tratar de uma continuação, possivelmente irá acontecer um spoiler ou outro, mas tentarei me manter fiel ao que está disponível na sinopse.


Finalmente tudo está indo certo para o "felizes para sempre"... mas não, Nan mais uma vez apronta e está cada vez mais difícil colocar a irmãzinha de Rush nos trilhos. Dan Finley, o pai do nosso tão querido e amado Rush aparece contando as novidades sobre Nan, e faz com que Rush e Blaire tenham que ir a casa do astro para que Rush tente resolver as coisas. Só que nem tudo são flores, e mais uma vez eles devem ultrapassar barreiras para a prova desse amor.


O que podemos dizer sobre esse final de trilogia? Amei. A Abbi conseguiu cumprir tudo que eu esperava no livro: muito mimimi e um final lindo. Logo no começo eu já estava bem feliz, mas daí a Nan apareceu e JURO QUE EU QUERO QUE ELA SOFRA BEM MUITO EM A PRIMEIRA CHANCE PARA ELA DEIXAR DE SER IMBECIL. {desculpa, me exaltei}
Sério, como o Rush tem pena pelo que ela passou? Beleza, ela sofreu e tudo mais, mas isso não é motivo para você ser extremamente egoísta e tudo mais. {quem leu, por favor me diga: O que você acha da Nan?} .
Quando ela entrou na minha casa pela primeira vez e eu pus os olhos nela, me senti atraído. Essa parte foi simples. Mas então a conheci. Ela era diferente de todas as outras garotas. Foi muito determinada, quando deveria ter se sentido derrotada. Sua vida tinha sido uma merda, e ela estava lutando para sobreviver. Não era alguém que recusasse ou desistisse. Comecei a admirá-la. Então tive um pouco dela e me perdi. Ela é tudo o que eu quero ser.
A história é narrada a partir do ponto de vista de Rush e de Blaire, alternando. E isso faz com que a leitora aqui fique muito feliz. Amo dois pontos de vista. Rush está cada vez mais apaixonado pela Blaire, e isso é muito fofo, mesmo ele dando alguns deslizes (alguns não, vários) durante a obra. Blaire por outro lado continua sendo "perfeita": Carinhosa, altruísta, amorosa e sexy, agora nós descobrimos que a maternidade fez bem para ela, e ela está mais madura. O que é muito lindo.


Em determinado ponto nos encontramos na linha do tempo de Estranha Perfeição - que tem resenha aqui - e as histórias se cruzam, e é muito legal rever novamente uma parte da história que era narrada na visão de Della agora a partir da visão da Blaire. Achei super inteligente essa interligação de fatos. Além disso, ela nos deu uma introdução bem legal sobre o que vamos encontrar em "A Primeira Chance", que é a história do Grant e Harlow. Vou sentir muita saudade desses personagens, e espero que eles apareçam com frequência nos livros das outras subséries para que possamos matar um pouco essa saudade. 
Suspirei e apoiei a cabeça em seu peito, então passei os braços e volta dele. Eu tinha perdido muita coisa, mas Deus havia me compensado mandando Rush. Eu precisava me lembrar de quanto era abençoada.
A diagramação dessa obra ficou linda, e não encontrei erros. A capa ficou legal, porque tem toda aquela coisa deles juntos e eu gostei, porque fala muito sobre a história. No geral, essa foi uma linda conclusão de obra e me deixou bem feliz. Agora vamos continuar as outras séries.






Sobre a Autora: 
Tamiris
Tamiris é blogueira do Pausa Para Um Livro e depois de fã do Fun's Hunter, veio acrescentar um toque feminino no blog favorito. Lê tudo que o Paulo indica, mas também tem uma séria paixão por romances. Quando não está lendo, está cozinhando. Então não se assuste se ver um pouco de comida nas fotos.


8 comentários:

  1. Amar o fim de uma série é muito gratificante para o leitor, principalmente quando as expectativas são melhores do que nós, leitores, esperávamos. Adorei o fato de que esse livro é narrado por dois personagens, pois isso faz com que a história fique mais abrangente, tornando-a mais dinâmica. Além disso, vi que os personagens são incrível ao ponto de sentir saudades. </3 Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Acho que só é difícil colocar a Nan nos trilhos porque ninguém toma uma real providência para isso. Rush e Blaire deveriam ter dado um chega pra lá e posto um ponto final nas maluquices dela.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Tamiris!
    Não li ainda nenhum dos livros da série, porém tenho a intenção de fazê-lo em breve.
    Gosto de romances.

    “A gente todos os dias arruma os cabelos: por que não o coração?”(Provérbio
    Chinês)

    cheirinhos

    Rudy

    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Alessandra Fernandes10 de novembro de 2015 21:59

    Tamiris, Ainda não li nenhum livro dessa série, mas vontade é que não falta. Acho os livros bem construídos, gosto bastante da premissa e claro, dos personagens que mesmo com suas desavenças nunca deixam a chama do amor apagar. Adorei a resenha e o fato de a narrativa ser alternada me animou para lê-lo.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Mais uma historia super intensa e cheia de desafios no romance, amei saber que em certo ponto a historia se cruza com de outro livro, tenho certeza que isso deu um toque ótimo ao livro.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Essa Nan parece que não aprende mesmo,nem li os livros ainda mas já sinto raiva dela.E que bom que o final desse casal foi satisfatório,e é uma fofura imaginar o Rush sendo pai.Adoro esses livros onde as histórias dos personagens de outras séries/livros acabam se cruzando,é muito bom ver a relação do seu casal ou personagem preferido por outros olhos.E eu adorei essa capa.

    ResponderExcluir
  7. Quero ler, nossa já chegou ao final, pensei que seria uma série com mais livros. Parei no momento em que ela engravida. Realmente Nan é intragável. Mesmo sendo bem clichê esse final quero ler.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. eu já sei de uma coisas, se eu começar a ler: vou odiar a Nan....
    bom pelo menos já sei o que me espera muito mimimi
    adorei que a história seja alternada entre os dois e já apresente as próximas vitimas, ops digo casal;
    nossa é o final? e os outros livros

    ResponderExcluir