postado por Funs Hunter em 26 novembro 2015

Resenha | A Primeira Chance


          

Existem três tipos de mulher nesse mundo. Aquelas que sugam você até a última gota e o deixam sem nada. Aquelas que só querem se divertir. E aquelas que fazem a vida valer a pena. Esse último tipo... A mulher certa é aquela que dá na mesma medida que recebe, e você nunca se cansa de estar com ela. Ela é do tipo que... se você perdê-la, acaba se perdendo.



Abbi Glines finalmente trouxe a história de Grant para nós, apaixonadas por Rosemary Beach. Temos contato com ele desde o primeiro livro, e nos apegamos muito a ele, devido a sua gentileza e bondade. Eu realmente esperava algo bom pra ele. Como esse livro é uma "continuação cronológica" de outros livros, pode ser que saia algum final de outro livro que você não leu.
Tivemos contato com Grant nos primeiros livros, e sabemos que ele se deixou levar pelos encantos de Nan, irmã do Rush. Ela como é uma vaca, não dá valor ao rapaz e o usa como brinquedo sexual. E Grant aceita isso, pelo menos até encontrar Harlow e se hipnotizar pelo seu jeito bom de ser. Em uma noite quente, ele descobre que as coisas com Harlow pode ir muito além do que ele imaginava de início, e precisa fugir disso.
Harlow Manning é filha do vocalista do Slacker Daemon, Kiro, e terá de ir passar nove meses em Rosemary Beach enquanto o pai está em turnê. O problema? Bem, ela terá que dividir teto com Nan, sua irmã que a odeia com todas as forças da terra. Nan a odeia porque ela é muito boa, e tem todo o amor do pai. Harlow acha que será difícil conviver com Nan esses nove meses, mas descobre que será impossível após ver Grant Carter saindo do quarto de Nan só de cueca. 
Agora Grant terá que se redimir com Harlow, e tentar consertar as coisas que quebrou antes mesmo de conhecê-la.


Esse livro me deixou confusa em tantos sentidos, que nem sei como explicar pra vocês. Assim, a história de amor deles dois é bem engraçadinha e bonita de se ver, mas faltou alguma coisa. Não sei se foi eu ver outra personalidade no Grant ou se foi não esperar tanto da Harlow. Grant que era tão bondoso, generoso e conselheiro nos outros livros, ajudando todo mundo e tudo mais, agora é uma pessoa insegura, indecisa, e um pouco chata. Ele não se decidia sobre o que faria com a Harlow, e foi um homem fraco em diversos pontos do livro. 
Você vai descobrir que pode confiar em mim. Eu não sou um cafajeste. No fundo, você sabe disso. Só tomei uma decisão muito errada.
Harlow, uma menina que era virgem até o começo do livro, criada no interior afastada do mundo, e depois trancada dentro de um quarto lendo até não existir lançamentos suficientes, se mostra extremamente madura e crítica. Ela em alguns momentos, eu acredito que ela acha que é vidente. É o tempo inteiro dizendo que não vai dar certo, que quando ele souber vai deixá-la, que é tudo ilusão, que romance só acontece nos livros. Que menina mais negativa gente !! Enquanto temos Blaire e Della, que tem os seus defeitos, seus passados obscuros mais são fortes e destemidas, tem Harlow e toda a sua pompa e bondade, mas que vive calada e pensa demais.


Daí você pergunta: Tamiris, afinal o que fez você gostar da história? Primeiro, a química entra o casal é boa, é fácil de ver e de torcer por eles. Depois, ver Blaire e Rush mais de perto depois de Amor sem limites (tivemos alguns contatos com eles na série Perfeição, mas não era nada grandioso) é muito gratificante. E por ultimo e MAIS importante: Tivemos uma introdução a história de Kiro e Emilly que é muito bonito e muito triste. E o final da história é forte e incrível, nos deixando naquela sensação que PRECISAMOS da continuação do livro.
Uma pena ela odiar você. Harlow é especial.
A edição da Editora Arqueiro está linda, adorei a fonte usada na capa e a foto dos modelos. Só não gostei porque é tom magenta de novo na fonte e eu não quero mais rosa, roxo, vermelho. A tradução ficou satisfatória, não encontrei erros de coerência e coesão. Adoro o padrão das capas dessa série, ficam todos lindos na lombada. Esse livro eu indico para quem está acompanhando a história de Rosemary Beach, e quer saber sobre a história de amor do Grant.







Sobre a Autora: 
Tamiris
Tamiris é blogueira do Pausa Para Um Livro e depois de fã do Fun's Hunter, veio acrescentar um toque feminino no blog favorito. Lê tudo que o Paulo indica, mas também tem uma séria paixão por romances. Quando não está lendo, está cozinhando. Então não se assuste se ver um pouco de comida nas fotos.


8 comentários:

  1. Oi Tamiris,
    Mesmo não tendo aquele tchans na história eu quero ler. Grant é um fofo e Harlow mesmo decepcionando com sua negatividade, pode ser um casal diferente. O que mais me chamou a atenção foi em saber o final, que deixa aquela curiosidade pela continuação.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. sério, nem li a série e já odeio a nan. começa a resenha com: ela é uma v***
    enfim, o bom moço vai achar uma mocinha? totalmente diferente da irmã má?
    sabe que foi esse livro que me atraiu para ler e foi qd eu descobrir q é uma série (enorme) por sinal e tô enrolando p ver se eu crio coragem p começar

    ResponderExcluir
  3. rudynalvacorreiasoares30 de novembro de 2015 01:19

    Tamiris!
    Tenho acompanhado a semana sobre a autora em seu blog e gostado muito
    Se deu aval para leitura, ótimo!
    Bom quando o casal tem química, facilita a leitura.

    “A beleza é a única coisa preciosa na vida. É difícil encontrá-la - mas
    quem consegue descobre tudo.”(Charles Chaplin)

    cheirinhos

    Rudy

    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    Participem do nosso Top
    Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Que bom poder acompanhar mais uma de suas resenhas sobre essa série.E que pena que esse livro te desapontou em alguns quesitos,e é muito ruim mesmo quando os personagens aparentam ser uma coisa visto pelos olhos de outros e quando chega na hora dele ser o principal as suas características acabam mudando.E parece que rola um bom mimimi dos dois lados,espero que isso não me incomode.E pra você que ama o Rush deve ser ótimo acompanhar um pouquinho mais de alguns momentos dele e da Blaire.

    ResponderExcluir
  5. Alessandra Fernandes30 de novembro de 2015 20:26

    Tamiris, já ouvi falarem muito deste livro, principalmente pelo fato de não ter agradado a muitos, talvez seja pela falta de emoção ou por ter faltado algo mais, como você mesma citou, porém fico feliz em saber que apesar disso tudo, você gostou.
    Amei a resenha!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. marlene conceiçao3 de março de 2016 15:12

    linda resenha.
    Sou louca pelos livro da Abbi Glines, esse é o meu livro preferido da série, essa capa é bonita, porem ainda prefiro a original.

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, curto muito a escrita da Abbi, amo essa série Rosemary Beach e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  8. Concordo com você no que se refere ao Grant. Ele não parece nesse romance com o cara que vi nos outros livros. Mas mesmo assim gostei de ler o romance sobre os dois. Me deixei envolver completamente por eles. Não é nada muito grandioso, mas é bem envolvente. Gosto muito dessa série.
    Beijos.

    ResponderExcluir