postado por Tamiris Leitão em 23 fevereiro 2016

Resenha | Os Segredos de Colin Bridgerton


          


Os Segredos de Colin Bridgerton é o quarto volume da série Os Bridgertons .
Eu não esperava tanto assim desse livro,  não vou mentir. Colin era extremamente cativante nos livros anteriores, mas devido a minha empolgação com os outros personagens eu não dei a devida atenção a ele. E posso dizer que me surpreendi com a história de Penelope e Colin.


Durante os primeiros livros Penelope sempre apareceu e conquistou o meu coração em todas as vezes, e eu sempre torci para que algo bom acontecesse a ela. E chegou a vez da sua história de amor. E posso dizer que foi a mais linda que eu já li entre as histórias dos Bridgertons. "Mas por que Tamiris?". Simples, porque tem toda a magia da história de amor de infância misturada a incrível escrita da Julia Quinn que conseguiu juntar os dois personagens MAIS AGRADÁVEIS da série inteira.

Colin não sabia de início que gostava de Penelope (ou só não gostava), mas após encontrar ela depois de tantos anos viajando é notório a mudança de comportamento dele para com ela. Colin, que era um menino levado e brincalhão cresceu e se tornou um homem sarcástico e divertido da melhor maneira.


De vez em quando, sentia a necessidade de estar longe. Não havia outra forma de descrever. Longe da alta sociedade, que o via como um moleque encantador e nada mais. Longe de seu país, que encorajava seus filhos mais novos a entrar para o serviço militar ou para o clero, quando nenhuma das duas opções se encaixava em seu temperamento. Até mesmo longe da família, que o amava de forma incondicional mas que nem desconfiava de que o que ele mais desejava, no fundo, era ter algo como que se ocupar.

Penelope por outro lado sempre foi apaixonada por Colin, e se sentia especial por ele ser o único que a notava quando ela era mais nova - e invisível à sociedade. Quando mais nova, Penelope nunca recusou propostas de casamento, porque nunca ninguém chegou a fazê-las. Ela era ridicularizada pela Lady Whistledown, e esquecida por todos. Porém Penelope cresceu, e se tornou uma jovem muito interessante, por mais que ainda tente não chamar atenção na sociedade. Ela se tornou uma solteirona, e está feliz com seu destino até Colin aparecer. Ele faz brotar nela uma coragem, charme e sarcasmo que até agora estavam adormecidos.

No dia 6 de abril de 1812 – dois dias antes de seu aniversário de 16 anos –, Penelope Featherington se apaixonou.
Foi, em uma palavra, emocionante. O mundo estremeceu. Seu coração deu saltos. Ela ficou sem fôlego e foi capaz de dizer a si mesma, com alguma satisfação, que o homem em questão – um tal de Colin Bridgerton – se sentiu da mesma forma.
Ah, não com relação à parte amorosa. Com certeza ele não se apaixonou por ela em 1812 (nem em 1813, 1814, 1815, nem – ora, ora! – nos anos entre 1816 e 1822, e também não em 1823, quando, de qualquer forma, passou o ano todo fora do país). Mas o mundo dele estremeceu, seu coração deu saltos e Penelope soube, sem a menor sombra de dúvida, que ele perdeu o fôlego, assim como ela. Por uns bons dez segundos.
É o que geralmente acontece quando um homem cai do cavalo.

A história de amor deles é incrivelmente bela, pois é cercada de partes engraçadas, brigas sem fundamento e segredos, claro. Afinal, eu teria de falar sobre isso em algum momento. O livro em si é cheio de segredos, e isso deixa a trama muito mais linda de diversas formas. Nem sei o que dizer sem encher vocês de spoilers.  ~ risos ~

Adorei também os personagens secundários de uma forma incrível, e devo ressaltar o meu amor por três personagens: Lady Danbury, Eloise e Hyacinth. Elas são espirituosas, engraçadas, e muito seguras de si de diversas maneiras. Elas ganharam o meu coração e muito. Preciso comentar sobre o aparecimento da Lady Whistledown e só posso dizer uma coisa: LEIAM. Ela irá surpreender vocês!


A história é narrada alternando a visão dos dois pombinhos e isso é legal, pois temos o que os dois estão pensando. É fácil notar quando o romance começa a acontecer, e mesmo sendo previsível em muitas partes, Julia Quinn consegue trazer o mistério para o livro e nos surpreende na maior parte da leitura.

Ela era maravilhosa. Ele não sabia como não havia se dado conta disso antes, quando já sabia que era inteligente, encantadora, espirituosa e talentosa. Mas todos esses adjetivos, assim como um monte de outros nos quais ainda nem havia pensado, não davam a verdadeira medida do que ela era. 

A Diagramação do livro é linda, com fonte de tamanho agradável, espaçamento adequado, uma ótima tradução, essa é uma das capas da série que eu mais gosto, e nem posso dizer a vocês o quanto estou feliz em ter lido essa obra né? Julia Quinn é a M-E-L-H-O-R! Aceitem e vão se aventurar nesses romances de época.








Sobre a Autora: 
Tamiris
Tamiris é blogueira do Pausa Para Um Livro e depois de fã do Fun's Hunter, veio acrescentar um toque feminino no blog favorito. Lê tudo que o Paulo indica, mas também tem uma séria paixão por romances. Quando não está lendo, está cozinhando. Então não se assuste se ver um pouco de comida nas fotos.


9 comentários:

  1. Oi Tamiris,
    Tenho o primeiro livro da série O duque e eu, mas já faz um tempo que li. Lembro de alguns personagens que você comentou. Mas concordo plenamente Julia Quinn é demais, escreve e sabe nos envolver. Sua resenha me deixou com vontade de ler esse e os outros livros dela. Adoro que a Lady Whistledown, estilo gossip girl e tenho certeza que vou adorar esse casalzinho Penelope e Colin.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. A cada resenha que leio dessa série quero mais e mais lê-la. Infelizmente não posso ainda, estou com muitos livros pendentes. Mas sua resenha me deixou curiosíssima. Tenho certeza que vou adorar Colin e Penelope.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  3. Esse foi o que achei mais fofo e inesperado da série. Acho que foi o que mais me agradou, tem muita coisa boa nele e os personagens são fantásticos. Adorei a garota, achei a história dela uma das melhores da série porque a gente acompanha desde a primeira aparição e depois quando lê esse se surpreende com muitos aspectos dela... e aquela parte que deixa de queixo caído. Ao menos eu fiquei.
    As partes com a Lady Danbury eram tão bosas! Que saudade que dá relembrar aquelas cenas com ela, é uma personagem que ganhou meu coração.
    O casal ficou muito bom, é uma ótima trama e vale a pena ler.

    ResponderExcluir
  4. Coisa boa que a série só melhora.
    Já li outros comentários desse livro e muitos preferem o Colin dentre a família.
    Achei bem legal essa relação entre o casal desde a infância.
    A viagem de Penélope e sua volta como uma mulher bem interessante.
    To loca pra ler a série e descobrir todos os segredos e conferir se Julia é a melhor mesmo haha.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha.
    Faz bastante tempo que quero ler essa Série, gosto quando a estória é contada pelo pronto de vista dos dois, espero em breve ler essa série maravilhado. Há e essa capa com certeza é muito linda.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Li esse livro e com certeza para mim ele está dentre os melhores adorei essa historia principalmente o crescimento da Penélope ao longo do livro realmente foi uma personagem que me conquistou e não tinha percebido o quando a Lady Whistledown e importante nessa serie sendo uma das coisas que mais gostei nessa serie e de como ela vai ligando os livro e nos deixando com vontade de conhecer os outros Bridgerton !!

    ResponderExcluir
  7. Ai Tam, eu só li o primeiro da série e ameeeeei!!!
    Achei o máximo, superdivertido, além de uma escrita cativante!!
    Quero ver se esse ano leio os demais volumes da série.
    E o Colin é um dos meus irmãos preferidos, achei ele muito fofo e com aquela ar risonho de criança, rsrs
    bjoss

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nenhum livro dessa autora acredita? Mas fiquei curiosa para ler esse livro, todos falam muito bem dessa série.

    ResponderExcluir
  9. Sou apaixonada por romance de época e sou louca pra ler essa série da Julia Quinn, só ouço comentários positivos sobre os livros e a escrita da autora. Adoro quando livros intercala a visão dos pratagonistas ou de outros personagens, acho que torna o livro mais completo e interessante. Quero ler essa série ainda esse ano e espero não me decepcionar!

    ResponderExcluir