postado por Funs Hunter em 15 abril 2016

Resenha | Caminho das Sombras [Anjo da Noite #1]


          

Azoth encarou a pilha de moedas. Quatro anos. Dezenas de surras. Não só não sabia se faria o mesmo por Jarl, mas também havia pensado em roubar do amigo. Não conseguiu conter as lágrimas, que rolaram quentes. Sentia muita vergonha. Sentia muito medo. De Rato. De Durzo Blint. O medo não o largava. Mas, se fosse embora, poderia ajudar Jarl. E Blint lhe ensinaria a matar.


Durzo Blint é o melhor entre os derramadores (assassinos), mas possui suas próprias regras antes de aceitar um trabalho e sempre com a autorização do Sa'kagé.
Azoth possui onze anos e faz parte de uma guilda, essa liderada por Ja'laliel e tendo Rato como o Punho. Apesar da vida difícil que levam, tendo que pagar uma taxa semanal pelos roubos e demais artimanhas, ele encontra em Jarl e Menina-Boneca os seus melhores amigos.

Seu interesse em se tornar aprendiz de Durzo, mesmo sabendo que ele nunca aceitou um antes, aumenta ainda mais quando o vê em ação. O derramador lhe dá uma tarefa a cumprir para poder aceitá-lo; exitando de início, a consequência disso é enorme e atinge diretamente Menina-Boneca, mas também faz com que Azoth cumpra a tarefa. Como parte do seu aprendizado, ele deve esquecer sua antiga vida, seus antigos amigos.

Com uma nova identidade, Kylar, ele se dedicará ao máximo ao seu aprendizado, mesmo que, as vezes, cometa alguns deslizes. A vida de assassino pode não ser fácil, principalmente quando o seu Talento (magia) demora a aparecer. Mas o jovem possui um grande caminho pela frente...


Cortesia da editora


– Possível? Sim. Difícil? Muito. É preciso um número considerável de venenos misturados... O senhor sabia que cada um reage de maneira diferente aos venenos? É preciso também uma grande quantidade do meu tempo. Se for necessário um bilhete, a correspondência e os diários da vítima são analisados para que não apenas a caligrafia, mas também o estilo de escrita e até mesmo determinadas escolhas de termos sejam idênticas. - Durzo abriu um sorriso de predador. - O assassinato é uma arte, milorde, e eu sou o artista mais talentoso desta cidade.

Caminho das Sombras é o primeiro volume da Trilogia Anjo da Noite, do autor Brent Weeks e publicado, no Brasil, pela Editora Arqueiro.

Eu adoro fantasia, a Tamiris bem sabe disso, e criei grandes expectativas para este livro. Posso dizer que ele introduz muito bem os acontecimentos e mostra perfeitamente o que podemos esperar dos próximos livros, não no sentido da história e sim na criatividade e narrativa do autor.
Logo no início já conhecemos Azoth e Durzo, não fica aquela enrolação até um encontrar o outro, o treinamento logo começa, não sem antes causar uma angustia no leitor por algo que acontece com um personagem.
A forma que o treinamento acontece é um pouco rápida, passando sempre alguns anos depois de algum trabalho ou parte da história. O autor não nos deixa na mão quando isso acontece, já que a falta de acontecimentos referentes ao treinamento é brevemente sanada nos conflitos entre mestre e aprendiz ou algum trabalho de Kylar.

Como parte de seu treinamento ele precisa viver com a família do Conde Drake, que é uma das poucas pessoas que Durzo confia. Levar uma vida dupla não é fácil, mas Kylar, mesmo ainda sem seu Talento, consegue isso facilmente.


Ela não iria morrer depressa, mas iria morrer, isso era certo. Durzo não conseguiu evitar de sentir certa raiva profissional. Aquilo fora um trabalho desleixado, cruel.

A história flui muito bem, a cada capítulo que passa é impossível você não sentir a necessidade do que irá acontecer durante o próximo. Brent soube explorar a nossa curiosidade muito bem!
Muitas dúvidas vão surgindo, principalmente sobre a verdadeira identidade de certos personagens, esse mistério foi algo que gostei bastante, principalmente sobre o Shinga, que comanda o Sa'kagé. É ele quem autoriza os assassinatos e comanda toda a Toca. Os Nove é um grupo de bandidos até interessante, mas pouco explorado na história. Conhecemos o Shinga (sem identidade e líder), a Senhora dos Prazeres (comanda a prostituição) e o Mestre das Moedas (contabilidade do grupo, investimentos), mas os demais ainda são uma incógnita na história e não sei se aparecerão nos próximos volumes.

Outros personagens realmente mereceram o destaque que tiveram na história, mesmo aparecendo em poucos momentos. Jarl cresceu com os temores do seu passado e agora comanda um dos bordéis de Mama K. Elene (Menina-Boneca), graças a ajuda de um benfeitor, leva uma vida completamente diferente da que a esperava quando pertencia a guilda. Mama K é bem misteriosa, guarda um grande segredo que só é revelado nos acontecimentos finais da história.
Claro que conhecemos muitos outros, mas Logan é o que recebe o maior destaque. Melhor amigo do príncipe e de Kylar, ele é forte e as vezes impulsivo, mas sempre está disposto a se tornar o melhor.


– A vida é vazia. Quando tiramos uma vida, não estamos tirando nada de valor. Derramadores são matadores. É só isso que fazemos. É só isso que somos. Não há poesia no ofício da amargura - falou Durzo Blint.

O livro termina de uma forma que eu nunca iria imaginar... Não achei que o autor fosse capaz de algo assim, mas entendo, e pela breve explicação, que não havia como fugir desse rumo na história. Muitas coisas ainda precisam ser esclarecidas, alguns fatos estão em deixando louco para saber o que acontece, principalmente saber o que poderá acontecer com Elene, Logan e Curoch (não vou contar o que é esse último, é uma surpresa um tanto misteriosa).


Quanto a edição, a capa passa bem o que podemos esperar do personagem, poucos erros que precisam ser revistos para uma nova edição, mas que não comprometem a compreensão e leitura do capítulo. O espaçamento utilizado é bom e não tive problemas em leitura noturna.


Caminho das Sombras é um livro incrível e que despertou bastante o meu interesse logo quando vi a capa, ver que a história surpreende e ultrapassa minhas expectativas só me fez adicioná-lo aos favoritos e esperar ansiosamente pelas continuações.








Sobre o Autor:
Paulo Cezar
Paulo Cezar é Administrador e Cofundador do blog, descobriu o fantástico mundo dos livros quando leu, pela primeira vez, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Além dos livros, também é apaixonado por filmes e séries.


21 comentários:

  1. Alessandra Fernandes15 de abril de 2016 16:23

    Adorei sua resenha e fiquei mais encantada ainda em saber o quanto você gostou de fazer a leitura. Os personagens mostram ser fortes e inesquecíveis como toda a trama. Confesso que alguns elementos me fez lembrar do último livro que me deu uma tremenda ressaca literária, como os treinamentos do personagem, e desta forma já sei que irei ser arrebatada por mais uma incrível estória.
    Sou apaixonada por este gênero, onde mistura a fantasia com ficção, e assim já adicionei Caminho das Sombras em minhas próximas leituras, torcendo para ter a oportunidade de lê-lo em breve, tendo a certeza de que também irei favoritá-lo.
    Bjs, Paulo!

    ResponderExcluir
  2. Maria Fernanda Pinheiro15 de abril de 2016 19:33

    Gostei da temática e do desenrolar do livro, deve ser incrível mesmo, participando da promoção para ganha-lo e tirar minhas próprias conclusões, aumentei minhas expectativas 100 %

    ResponderExcluir
  3. Não gostei nem um pouco dessa capa, mas o enredo parece ser bem interessante. Me fez lembrar de trono de vidro, mas primeiramente acho que só porque tambem trata de assassinos (ou derramadores).

    ResponderExcluir
  4. eu tô louca para ler esse livro, desde que a arqueiro falou desse lançamento.
    sou como vc adoro livro de fantasia e esse me ganhou só pelo resumo e depois dessa resenha eu vou ficar desesperada por esse livro
    o único problema: Deus sabe quando vai vim continuar

    ResponderExcluir
  5. Você me deixou com muita vontade de ler o livro,aliás, a série toda. Gostei da capa, da sinopse e amei cada palavra da resenha. Já tinha lido outras resenhas mas a sua me cativou.
    Maristela G Rezende

    ResponderExcluir
  6. Você me fez gostar e querer muito ler o livro, aliás, a série toda. Amei cada pedacinho da resenha, a sinopse e a capa. Já li outras resenhas sobre o livro, mas a sua me cativou mesmo.
    Maristela G Rezende

    ResponderExcluir
  7. Achei o enredo bem interessante, me fez lembrar uma pouco do livro "Trono de Vidro", acho que por a história envolver assassinos (ou derramadores). Essa palavra "derramadores" me faz imaginar uma morte lenta por perda de sangue, sangrando a pessoa. Com certeza darei uma chance para a série, mas achei essa capa bem feia. Rsrs

    ResponderExcluir
  8. Paulo!
    Amo livros de fantasia também e quando bem escritos, ainda melhor.
    Gostei muito de todo enredo e ainda mais por saber que o final foi inusitado e surpreendente, gostaria muito de ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Oi Paulo!!
    Amo livros de fantasia e vi que a editora Arqueiro está apostando bastante no gênero pra 2016..
    E olha que já começaram com este que quero muito ler!!
    Gostei muito dessa trama que me lembrou, apenas em questão de clima e personalidade dos personagens principais, a série Trono de Vidro, que adoro.
    Bom que é uma trilogia e espero que lancem rápido os outros pois se o final realmente é inesperado vou querer ter o próximo em mãos hahaha
    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. cristiane dornelas17 de abril de 2016 00:22

    Bem ansiosa com esse livro e pelo jeito compensa. A história já parece legal na sinopse e dá pra ver que na hora de ler é bom, gostoso e bem escrito. Daqueles que dão aquela curiosidade pra saber o que acontece em seguida. Adoro isso no gênero, é muito melhor quando é bem desenvolvido assim e faz querer entender, cria perguntas e dúvidas e etc. E o final dá vontade de ler os próximos pelo visto. Gostei e quero ler =D

    ResponderExcluir
  11. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece mesmo ser incrível.

    ResponderExcluir
  12. Ai como eu amei a história desse livro (Apesar de um assassino protagonista ser um tanto incomum - e cruel). Acho que este é um dos livros que mais quero ler este ano, depois de O Heroi das Eras e Steelheart.

    ResponderExcluir
  13. Amei a premissa deste livro. fiquei curiosa a respeito da trama e do personagem. Vou ver se consigo ler também. Pois amo temas deste tipo. Agora... Espero que a série continue empolgante e não caia na mesmice como tenho visto em várias séries. Super empolgada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Já tinha visto esse livro nos lançamentos da editora, no entanto não imagina que esse série um livro com uma trama surpreendente como essa, gosto bastante de livros de mistérios que nos levam a nos prender a leitura, e a cada capítulo terminando queremos mais e mais, isso e um grande ponto positivo, além mais percebi que os personagens são bem cativantes, me interessei bastante por essa leitura.

    ResponderExcluir
  15. Maria Fernanda Pinheiro19 de abril de 2016 22:21

    O autor desse livro explorou outro universo, trata-se de uma fantasia romântica, o autor conseguiu construir um personagem bom e mal ao mesmo tempo, espero conferir o livro o mais rápido possível

    ResponderExcluir
  16. A capa me chamou muito a atenção!!!
    Além disso, gosto de histórias que me intrigam bastante e as características do personagem, consegue fazer isso.
    Mal posso esperar para ter a oportunidade de conhecer esse universo de Durzo.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Vi esse livro no lançamentos e fiquei interessada e lendo a resenha gostei muito da historia o mundo que o autor cria parece ser fantástico e gostei de saber que ele não fica enrolando, parece ser uma leitura envolvente e com uma ótima historia !!

    ResponderExcluir
  18. Também adoro livros de fantasia e essa serie parece muito boa, não sou muito fã de coisas de assassinatos, mas em livros gosto. Da bastante motivo e ação pro livro, esse parece ser daquele tipo de livro que a leitura flui bastante e voce nao consegue parar de ler. Gostei bastante da capa tambem!

    ResponderExcluir
  19. marlene conceiçao29 de abril de 2016 10:07

    Oi!!

    Minha nossa esse livro parece ser maravilhoso.
    Caminho das sombras, pelo que foi descrito na resenha tem tudo para ser minha próxima leitura.
    Os personagens parecem ser bem fortes e bem desenvolvidos, o enredo parece fluído, e eu gostei bastante da sinopse e da capa.
    Gosto muito de livros de aventura.
    Bom Dia.

    ResponderExcluir
  20. Tinha visto o livro entre os lançamentos mas nao tinha lido nenhuma resenha. Gosto de fantasia mas ainda nao li nenhum livro que tem uma premissa parecida com este, gostei do personagem principal crescer no submundo e ele escolher se tornar um assassino, imagino que ele deve ser bem frio, espero ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  21. Eu gosto muito de livros de suspense, policial, livros assim, então gostei muito da resenha, do que o livro parece ser. Eu nunca havia ouvido falar antes, nem da série nem mesmo do autor, então é algo realmente novo pra mim rs deu vontade de ler.
    Pesquisarei mais sobre..
    Abraço! =D

    ResponderExcluir