postado por Funs Hunter em 07 junho 2016

Resenha | A Luva de Cobre [Magisterium #2]


               
— Você soube? – Uma voz adulta flutuou pelo ar, através das folhas. Era profunda e grave. Call já a ouvira antes. – Alguém invadiu o Magisterium na semana passada. Tentaram roubar o Alkahest.


Callum Hunt está passando as férias com seu pai, Alastair. Claro que Devastação, o lobo dominado pelo caos, adotado pelo aprendiz também fi junto, para desespero do pai. Após uma ida ao cinema, o lobo desaparece e Call, desesperado, começa a procurá-lo. Após horas de buscas ele finalmente volta para casa e, enquanto dormia, ouve o ganido de Devastação. Para sua surpresa, o lobo está acorrentado em um quarto de sua casa, com correntes preparadas para mais alguém. Também encontra alguns papéis sobre a mesa, a ilustração de uma luva esquisita.
Temendo o pior ele foge com o lobo procurando ajuda, sua primeira opção foi Tamara Rajavi, colega do Magisterium e também aprendiz do Mestre Rufus. Ele chega a casa da garota no meio de uma festa, mas foi bem acolhido pelos pais e presentes. Aaron Stewart, também colega de Call e um makar (mago que controla a magia do Caos), está passando uns dias com a família de Tamara. Com o encontro dos três, só resta esperar pelo inicio das aulas.

Algo importante foi roubado, o Alkahest. Uma luva de cobre capaz de tirar a magia de um mago. Call logo reconhece o esboço que viu na mesa do pai e relaciona o roubo com Alastair. Mas será possível que ele possa roubar algo do Magisterium?
Tentando encontrar uma resposta, os três jovens aprendizes - Call, Tamara e Aaron -, junto de Devastação, resolvem fugir do Magisterium para descobrir e impedir o que Alastair planeja. No caminho da fuga são surpreendidos por Jasper e são obrigados a levá-lo junto.
O grande desafio de Call será esconder dos amigos o que Mestre Joseph lhe revelou no boliche. Ele, Callum Hunt, não é quem acredita ser.


A alma de Callum Hunt está morta. Arrancada de seu corpo, essa alma murchou e morreu. A alma de Constantine Madden se enraizou e cresceu, renascida e intacta.


O final de O Desafio de Ferro foi como uma bomba! É difícil você falar do segundo livro escondendo o grande segredo da série, o que nos leva a imaginar quais serão os desdobramentos por tal revelação. Callum Hunt é algo que nem mesmo os melhores magos desconfiam. Como isso é possível? Vocês terão que ler o primeiro livro pra saber!

Como no primeiro livro, a leitura é uma tremenda aventura! Claro que aqui não há tantas explicações como no volume anterior e a leitura flui ainda melhor.
Call precisa esconder seu segredo a todo custo, isso faz com que as mentiras acabem acumulando. O medo do garoto em se tornar uma ameça é enorme e o pior que lhe pode acontecer é perder seus amigos. Como já concluiu o Ano de Ferro no Magisterium sua magia não pode mais ser interditada como o pai desejava.
Tamara se mostra ainda mais conectada aos amigos, ela os ajuda até quando a ideia parece um terrível desastre iminente. Ser aprendiz do grupo que possui um makar a fez ganhar uma consideração maior dos pais. Já Aaron aparenta carregar um grande fardo depois da descoberta de ser aquele que todos aguardavam. Somente um makar pode derrotar outro makar. Somente ele pode derrotar Constantine Madden, ou morrer tentando.
Jas per foi a grande surpresa... Continua arrogante, mas foi o que mais mudou em relação ao primeiro livro. Acho que a participação dele após a fuga ajudou os outros a o compreenderem um pouco melhor, como também o ajudou a ver o grupo do Mestre Rufus com outros olhos.

A Luva de Cobre não foca especificamente no treinamento dos jovens no segundo ano da escola. A maior parte da história se passa fora dela, deixando todos os mestres e os outros alunos para trás. Levando em consideração



Black e Clare sabem mesmo como nos deixar apreensivos durante uma leitura! A grande preocupação de Call acaba sendo do leitor também... As várias suposições do que pode acontecer vão surgindo de acordo que a história vai se desenvolvendo e eu não estava preparado para o que viria.
Me surpreendi muito com esse segundo livro, principalmente com os acontecimentos finais, que acabam deixando mais dúvidas para serem respondidas em The Bronze Key, terceiro livro da série e previsto para agosto de 2016 nos Estados Unidos.


Quanto a edição do livro - e o medo pela mudança de editora - vocês podem ficar tranquilos, em parte. A Galera Junior continuou o padrão utilizado pelo #irado, selo da Novo Conceito, tanto na capa como na lombada. Não, eles não ficam feios juntos na estante! As ilustrações no início de cada capítulo continuam neste volume.
Já a revisão é um caso sério... Sim, eu sou o chato da revisão mesmo! Se tem uma coisa que está me irritando muito ultimamente é o descaso que as editoras estão tendo ao aceitar a revisão dos livros. Erros tão fáceis de detectar e corrigir acabam desanimando durante a leitura. Mas é imperdoável o nome de um personagem escrito de duas maneiras na mesma página. Vamos ter mais atenção aí hein!


Magisterium: A Luva de Cobre é uma continuação incrível para a história! Mal posso esperar pelo lançamento do terceiro livro...






Sobre o Autor:
Paulo Cezar
Paulo Cezar é Administrador e Cofundador do blog, descobriu o fantástico mundo dos livros quando leu, pela primeira vez, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Além dos livros, também é apaixonado por filmes e séries.


9 comentários:

  1. Amo a Cassandra, quero muito ler esse livro, pois alem de ser de uma autora que amo, possue lobos, não preciso nem dizer que amo histórias com esta combinação
    Ainda não li O desafio de ferro, mas fiquei curiosa quanto ao final do livro! quero saber este mistério todo, que pena a revisão do livro esta sendo desvalorizada, a leitura acaba sendo menos rica, também achei a diagramação maravilhosa

    ResponderExcluir
  2. Da Cassandra li a metade de Cidade dos Ossos mas infelizmente não gostei muito do livro e acabei abandonando. Mas apesar disso esse livro parece ser bom mesmoo tendo mil nomes que eu não conheço.
    No começo da resenha pensei que o pai de Call iria prender ele para um experimento, algo ruim ou coisa do tipo porém depois da para perceber que ele só queria ajudar o filho, imagina o desespero do pai ao ver que Call sumiu?
    Única coisa que não entendi foi porque querem a luva se a magia de Call não pode ser mais interditada, mas creio que para entender terei que ler o livro.
    Infelizmente mesmo tendo revisão, alguns erros são gritantes! Ás vezes sinto que eles nem leram direito, leu quase correndo só para terminar logo, o que é uma pena pois tem alguns erros que até desanimam.

    ResponderExcluir
  3. Li Os Instrumentos Mortais da Cassandra e gostei mas não conhecia esse livro. Gostei do enredo e do quote, pena que Call não confiou em seu pai pois acredito que se confiasse, teria a "cura" ou sei lá, ser humano talvez. Mas também não vejo motivos para o pai dele ter escondido a luva e o lobo dele, isso mostra que o pai não confiava o bastante nele(ou tinha medo da reação).
    Gostei da resenha e achei muito bom ter só dois da série porque se não eu estaria com preguiça de ler até a resenha haha, melhor aproveitar agora que tem poucos lançados. Mas sobre a revisão, espero que eles vejam e vendam com eles arrumados pois não gosto quando um livro contém muitos, mas tirando isso parece ser bom, vou até pesquisar mais.

    ResponderExcluir
  4. Acabei não dando muita bola pra esses livros por ver uns comentários meio chatinhos do primeiro. Resolvi deixar que lançassem mais antes de pensar em ler. Bem, parece que é bom. Aquele final do outro foi uma coisa que vi que agradou a maioria e a escrita apreensiva da Clare está aí, faz querer saber o que acontece e etc. Ainda acho que vou esperar o outro pra resolver ler... mas fica a dica pra quem é fã ou gosta de livros assim.

    ResponderExcluir
  5. eu acho q vou esperar lançar os próximos para voltar a ler =)
    eu li o primeiro e gostei (apesar de achar meio infantil para mim), mas esses livros q não tem finais e deixam vc louco pela continuação andam meio q me irritando ultimamente (é a minha loucura de vez enquanto eu amo ler livro assim, mas esses dias eu não quero)
    amei saber/ver q a galera continuou na mesma linha q o selo#irado, não tem coisa mais chata q livro em série q não parece ser série
    tem previsão p próximo?

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Ainda não li nada da cassandra, mas não foi por falta de curiosidade. Gostei da estória, me deixou bem curiosa pois além de fantasia e aventura ainda tem mistérios. As ilustrações nos capítulos são lindas, gosto desses detalhes que tornam tudo mais especial.

    ResponderExcluir
  7. Oi.
    Eu amo a escrita da Cassandra, e confesso que não conhecia essa série, mas fiquei muito curiosa para conferir, me parece ser ótimo, e eu amei a capa, irei da uma pesquisada no primeiro livro.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Assim que lançou o primeiro livro dessa serie fiquei bem interessada na historia, mas depois de um tempo e lendo as resenha vi que realmente não é uma historia que irei gostar e mesmo achando esse segundo livros interessante e cheio de mistérios e principalmente respostas não é o tipo de historia que gosto de ler !!

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li o primeiro livro, mesmo já tendo na estante. rs Estou bem curiosa em conhecer essa série, principalmente por envolver aventura e magia. Mas confesso que fiquei bem mais curiosa com as resenhas e a sinopse de O desafio de ferro. Lendo a resenha dessa continuação, senti que pra mim não vai ser una leitura tão boa, não sei, só lendo mesmo pra saber, né?
    E quanto a esses errinhos de revisão, nossa, nem me fale! Tenho lido uns livros que tem coisas que não deveria passar, inclusive esses erros de nome de personagem. A atenção tem que melhorar mesmo.

    ResponderExcluir