postado por Funs Hunter em 30 setembro 2016

Resenha | As Faces da Luz [Arcantatys #1]


                    

[...] Minha cabeça girava tentando achar uma explicação razoável, mas tudo o que vinha era loucura, parecia loucura. Eu tinha a impressão, mas jamais diria em voz alta, de que aquilo era um portal!

Tayara e Sônia, sua mãe, vivem suas vidas tranquilamente até o dia em que descobrem que um lobo está assustando os moradores locais. Elas moram um pouco afastadas e próximas da mata, isso já causa uma preocupação maior com o que está acontecendo. O que elas ainda não sabem é que a maior aventura de suas vidas está prestes a iniciar...
O lobo finalmente aparece e as conduz por uma espécie de portal. Elas acabam indo para Arcantatys e descobrem a verdade sobre seus antepassados.


Os elfos tinham suas maneiras de subir em uma árvore grande daquelas, eram fortes e ágeis. Edwin e Edward subiram como se flutuassem no ar, parecia que tinha um tipo de campo de força invisível nos pés que os levava ao alto. Tentei o mesmo feitiço, mas sem sucesso; resolvi me transfigurar em uma águia e subir voando.

Não vou negar que o motivo de me interessar pelo livro foi a capa seguido pelo título. Tentei evitar ao máximo ler alguma coisa sobre a história para não acabar desanimando com a leitura, coisa que anda acontecendo bastante comigo ultimamente. Confesso que o livro me surpreendeu bastante em certos aspectos e curti bastante a leitura.
As Faces da Luz é o primeiro volume da Trilogia Arcantatys, da autora Tatiane Durães, e está na sua segunda edição pela Editora Arwen.

Pra quem está se perguntando, Arcantatys é um reino mágico onde elfos, fadas, bruxas, dragões e outras criaturas vivem. Ao ser levada para lá Tayara descobre algo que até parece mentira... Sua mãe é descendente de uma antiga linhagem real dos elfos, já a jovem... bem, ela não é muito querida por lá. Ela é a reencarnação de alguém que fez muito mal aos moradores de Arcantatys, e eles ainda não se esqueceram de tudo o que sofreram por lá.
Tayara é obrigada a demonstrar que não está lá para causar nenhum mal, mesmo sofrendo forte resistência de alguns.

O grande problema, quando você tem mil coisas a se fazer, é querer saber tudo sobre a história. A Tatiane escreve de forma que a leitura se torne tão fluida e cativante que é impossível não ter aquela sensação de querer saber mais e mais.


Os personagens, que não são poucos, receberam um bom destaque por parte da autora. Claro que sempre tem aqueles que nos animam mais durante a leitura e aqui não é diferente. Tayara é a grande dúvida do início do livro, não dá pra fazer suposições do que acontecerá com ela quando sua vida passada começa a se manifestar.
Aagje, filha do Rei Cedric, é a que mais se aproxima de Tayara. Algo importante sobre ela é descoberto durante a leitura, foi uma completa surpresa e, outra vez, ficou difícil imaginar os planos da autora para a história.
Ariosto e Aodh são de espécies diferentes, mas amigos. Possuem grande destaque na história e, de certa forma, irão dividir a torcida dos leitores. Já Reagan chega pra mudar um pouco a história e foi o que mais teve a minha simpatia. Espero que a participação dele seja maior no próximo livro.


O que mais gostei no livro é que a autora vai direto ao ponto. Ela não enrola em suas cenas e a ambientação é muito bem explorada durante as passagens, possibilitando ao leitor imaginar completamente o local. O livro é repleto de ação e magia, coisa que gosto muito nas histórias. A Tatiane me surpreendeu com a agilidade que tudo acontecia, sem perder o rumo da história. Nada foi ao acaso, teve um propósito pra tudo. Não esperem um descanso quando estiverem lendo, mal acaba o que está acontecendo e Tayara já é colocada a prova outra vez.


O trabalho da editora com a diagramação do livro está fantástico! A abertura de capítulos possuem detalhes nas laterais superiores da página, ilustrações dos personagens foram utilizadas em outras e a margem e espaçamento estão adequadas para uma leitura confortável. A capa, linda por sinal, é obra da Marina Avila.
Mas, como nem tudo são flores... Teve algo que me desagradou um pouco durante a leitura. Esse é o primeiro livro que leio da Editora Arwen, mesmo já tendo vários livros deles por aqui, e recomendaria uma nova revisão para a próxima edição. O livro pode ser considerado extenso por alguns leitores, quase 500 páginas, mas foram muitos erros que encontrei, desde ausência de palavras até a repetição de um parágrafo quando o capítulo já havia terminado. Isso não atrapalha a compreensão da história, mas acaba incomodando.


As Faces da Luz é um livro que te envolve totalmente, te faz amar ou odiar os personagens e te faz querer encontrar um portal para descobrir os segredos de Arcantatys.
Ah, preciso comentar sobre a maldade da autora para com seus leitores... Eu não acredito que a Tatiane foi capaz de uma coisa dessas!!! Aquele final não se faz pra quem sofre de ansiedade. 









Sobre o Autor:
Paulo Cezar
Paulo Cezar é Administrador e Cofundador do blog, descobriu o fantástico mundo dos livros quando leu, pela primeira vez, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Além dos livros, também é apaixonado por filmes e séries.


7 comentários:

  1. oi Paulo,

    Fico muito feliz de saber que Arcantatys te agradou. Muito obrigada por ter se aventurado nessa história.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. É um livro que quero ler faz muito tempo. Adorei que tem ilustrações dos personagens, dá pra imaginar direitinho cada personagem!
    Espero poder ler em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  3. Oi, Paulo!
    Ultimamente não tenho me contagiado com livros com muitos personagens, mitos diferentes e tudo mais... Gostei tanto de Trono de Vidro que agora parece que os outros não chegam nem aos pés do mundo que a Sarah J Maas criou (comparação boba, eu sei). Enquanto isso não passa ando fugindo de fantasias, mas no futuro leria esse sem problemas.

    ResponderExcluir
  4. A capa é o que mais me chamou atenção nele também. Mas aí vi sinopse e gostei, pareceu legal. E que bom que é uma história bem escrita e que não dá descanso ao leitor. Esse tipo de livro é muito gostoso de ler. Tem bastante personagem e muita história no meio, deve ser bom de acompanhar. Não tinha visto muito é da diagramação dele. Está bem bonita, adorei esses detalhes. Parece um ótimo livro.

    ResponderExcluir
  5. a capa é linda! desde a primeira vez que eu vi essa capa me apaixonei.
    definitivamente eu tenho que ler essa série
    só teve uma coisa que me deixou triste!
    você não é o único que sofre de ansiedade =/

    ResponderExcluir
  6. Eu confesso que não gosto muito de livros com fadas e elfos, mas fiquei bem interessada nesse livro. O enredo me interessou bastante, e fiquei curiosa pra saber o que acontece nesse final. Eu não gosto muito de livros com muitos personagens, mas espero que isso não me incomode. E é uma pena que o livro tenha tantos erros, mas pelo menos isso não atrapalha a leitura...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Eu também sou apaixonada por essa capa. E tenho esse livro na estante! Ainda não li, mas pretendo em breve. E agora lendo sua resenha, mais certa fiquei de que vou gostar muito da história. Resenha perfeita.
    Abraços.

    ResponderExcluir