postado por Funs Hunter em 17 outubro 2016

Resenha | O Impostor [Amor & Mentiras #3]


                     

Eu não ia perder de vista aquela garota fria e ríspida. Eu a seguiria por todos os lados até a merda do seu palácio de gelo e o derreteria, se fosse necessário. Eu estava acostumado a fazer sucesso com as mulheres; a garota da árvore, porém, não queria nada comigo – nem mesmo se deu ao trabalho de me dizer seu nome. Eu a via ir embora, eu me dei conta de duas coisas: eu a queria e teria um trabalho enorme para conquistá-la.

Caleb Drake passou pelo "inferno" e sobreviveu...
Após se separar de Leah, Caleb acaba se reaproximando de uma antiga namorada da faculdade, Jess. Ele praticamente se esconde atrás desse relacionamento que já começou com a miníma possibilidade de continuar até o fim. Ele ainda ama Olivia, sempre a amor e tudo indica que sempre irá amar.
Será possível, após tantos anos, ele conseguir superar um amor que não deu certo? Uma relação que o destruiu por dentro?

Cortesia da editora

Olivia estava errada se acreditava que era capaz de adivinhar o que eu ia fazer. Se eu a quisesse...

E eu a queria.
Eu errei o arremesso.

O Impostor é o último volume da Trilogia Amor & Mentiras, da autora Tarryn Fisher e publicado pela Faro Editorial. Nele temos os acontecimentos passados e o presente narrados por Caleb, o último lado desse triângulo amoroso iniciado em A Oportunista.

A proposta da autora para essa trilogia foi excelente, a cada livro um ponto de vista diferente apresentando os fatos ao leitor. Olivia no primeiro, Leah no segundo e agora Caleb. Mesmo com muitas dúvidas para serem esclarecidas e a escrita cativante da Tarryn, esse foi o volume que menos me agradou.

Como o próprio título informa, Caleb é um impostor. Foi capaz de algo terrível e que causou muita preocupação das pessoas em sua volta, mas o motivo que o levou a tal ato foi simplesmente o amor. A capacidade de não esquecer alguém que a muito tempo deixou de fazer parte de sua vida.
Mesmo ferindo Leah, sua atual companheira, ele não desiste do plano, o que pode arruinar não apenas o seu relacionamento, mas a vida de Olivia. Ele é imprudente, mesquinho e manipulador, não se importa com a felicidade de quem está tentando fazê-lo feliz.


– Porque você é o meu refúgio! É quem eu procuro quando minha vida não faz sentido.

A participação de Leah nesse ponto da história é mínima, mas quando aparece é pra botar o terror. A revelação, que me surpreendeu muito no final do volume anterior, é algo que eu nunca imaginei que ela seria capaz de fazer. Não sei quem é pior, Caleb, Seth ou ela.
A reaproximação de Olivia com seu grande amor pode ser vista apenas como medo, mas eu encaro como um pouco de desculpa para vê-lo também. Ela é muito indecisa e quando resolve decidir algo só faz o contrário do que eu esperava. Essa indecisão toda sobre o que é certo ou errado e com quem deve ficar foi o que me provocou uma antipatia por ela, eu até cheguei a desejar que ela se desse mal em uma dessas burradas que ela faz.

A grande surpresa fica por conta de Jess. Tá certo que na hora eu nem lembrei quem era, mas fiquei feliz por ela esquecer o passado e curtir a felicidade. E como ela curte essa nova felicidade hein!  

Muita coisa dos dois livros anteriores são esclarecidos agora, e isso foi algo totalmente positivo. A história toda flui muito bem, a forma que Tarryn escreve é gostosa de ler e a mistura de passado e pressente, que é uma coisas que me chateia, foi algo que eu esperava para acontecer só pra descobrir mais alguma resposta de algo do primeiro ou segundo livro.



Quando tudo parece estar caminhando para um desfecho, Tarryn surpreende com um acontecimento que pega qualquer leitor de surpresa, preparando tudo para o final da trilogia.
É emocionante, triste e feliz ao mesmo tempo, foi algo que a trilogia mereceu e que foge do que eu realmente esperava.


Falando um pouco da edição, a capa segue o padrão das anteriores, apresentando Caleb (?) como o narrador desse desfecho. A diagramação também segue os livros anteriores, apresentando margem e espaçamentos adequados para a leitura. O livro possui, 272 páginas, mas aparenta ter mais devido a gramatura do papel utilizado pela Faro (é normal querer todos os livros assim?).

Amor e Mentiras é uma trilogia que te desperta uma explosão de emoções! Amor, ódio, esperança, desejo... É uma história em que todos são inocentes ao mesmo tempo que detêm um pouco de culpa.







Sobre o Autor:
Paulo Cezar
Paulo Cezar é Administrador e Cofundador do blog, descobriu o fantástico mundo dos livros quando leu, pela primeira vez, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Além dos livros, também é apaixonado por filmes e séries.


7 comentários:

  1. Não li e não sabia nada sobre os outros livros, mas aparentemente não há tão spoilers assim. Só fiquei confusa com uma coisa, o triângulo amoroso do Caleb é com quem? Leah, Olivia e Jess... tanta mulher que eu me perdi. Mas enfim, pela sua resenha eu tenho um leve palpite do que a autora fez no final pra que terminasse feliz mas ao mesmo tempo triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      É com Leah e Olivia, a história com Jess é um pouco diferente e é apresentada no primeiro livro.

      Excluir
  2. oie!
    sabe aqueles livros que não te anima? quando eu li o resumo do primeiro livro, já achei que não era para mim... tipo a a outra se aproveitar que o cara perdeu a memória? então fica complicado eu querer ler esse se o primeiro já não me cativou e pelo jeito é um personagem pior que o outro..
    não sei por enquanto deixar passar

    ResponderExcluir
  3. Eu li o primeiro livro dessa trilogia, e amei o livro! Achei a história ótima, e gostei muito da escrita da autora. Eu estou com o segundo livro aqui pra ler, mas não sei se vou gostar muito dele (eu odiei a Leah no primeiro livro). E gostei de saber que a Jess voltou nesse livro (eu gostei bastante dela, mesmo que ela não tenha participado tanto da história). Eu já quero ler esse ultimo livro logo, e já fiquei curiosa pra saber o que acontece no final :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Achei o jeito dela contar a trama muito interessante e um pouco diferente. Os focos de cada livro são bem legais porque torna a história mais ampla e acho que fica bacana ir acompanhando cada um assim. Mas porque vejo tantos falando que esse não é o melhor?! Achei que era pra fechar com chave de ouro, mas ele parece deixar um pouco a desejar...
    Pelo menos parece ter uns momentos que surpreendem e se foge do que a gente imagina deve ser bom. Gostaria de ler essa trilogia dela.

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    A resenha está ótima! Infelizmente essa série de livros não me motiva a ler. Não é um estilo de leitura preferido e a premissa não me chama a atenção. Mas para quem já acompanha e conhece os personagens, deve ser uma boa leitura. Quem sabe um dia venha dar chance aos livros. Obrigada.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. O Caleb é um cara egoísta mesmo, fraco, frio e calculista!! No primeiro livro ele fingiu que tinha perdido a memória, fazendo a Olívia acreditar que ele não sabia quem era ela!! Pelo que li aqui na resenha ele vai conseguir o que queria!! Só li o primeiro livro e gostei, enfim quero ler os demais livros para tirar minhas conclusões a respeito dos três personagens!! Mas já tenho uma noção de com são!! E penso que a Olívia é a menos má nesta estória!!

    ResponderExcluir