postado por Tamiris Leitão em 30 novembro 2016

Resenha | De Repente, Ana


                         


De Repente, Ana é o segundo livro da duologia, criada pela Marina Carvalho, onde você pode conferir a primeira resenha aqui. Caso não tenha lido o primeiro, leia a resenha do primeiro e se quiser ler a do segundo fique sabendo que é por sua conta e risco, pois como se trata de uma continuação pode conter spoiler.

Fazem dois anos que Ana decidiu ficar em Krósvia, junto ao seu pai e seu namorado Alex. O relacionamento dos dois vai de vento em popa, Ana conseguiu um trabalho na embaixada do Brasil e está sempre ajudando o pai nas coisas relacionadas ao governo. Porém uma coisa muito ruim acontece: o pai de Ana se acidenta e vai parar na UTI. Ana deve agora torcer para que ele fique bem e ao mesmo tempo tomar um lugar que é seu por direito enquanto seu pai está hospitalizado.



Nesse livro eu fiquei decepcionada um pouco. Sim, explico o porquê. Eu esperava que fosse haver uma maturidade maior, uma história mais desenrolada, que iria encontrar uma Ana mais adulta, porém não foi isso que eu encontrei. Encontrei uma Ana que sabe governar, é querida pelo povo, que mesmo nas dificuldades não cai, porém uma Ana imatura, que continua com os mesmos problemas de antes com Alex, por mais que no início tudo tenha sido mil maravilhas.

A verdade era que, de qualquer modo, eu estava frita. Não compreendia a política o suficiente para administrar uma nação. Como se não fosse o bastante, eu começava a sentir que a pouca liberdade que me sobrara acabaria reduzida a... nada.

Alex está com ciúmes por tudo que Ana está passando e que ele seja uma atenção secundária na vida de Ana. Ele tenta continuar o relacionamento pois sabe o quanto ama a garota. Ela tenta desviar dos inimigos, governar o país, dar atenção ao namorado e tentar ter um relacionamento bom com a família. Por se tratar de um romance, o romance ainda fala muito mais alto, porém senti falta de um pouco de foco em assuntos como família, os moradores do Brasil, e tudo mais.

Sorri para Alexander de um jeito que deixou bem explícito quão agradecida eu estava. Então ele foi atrás dos apetrechos necessários e eu fiquei lá, parada na frente de Andrej, com o espírito renovado de esperança.

A narrativa da Marina continua ÓTIMA, muito fluida e rápida, além de gostosa. Ela me surpreendeu com a maturidade de escrita desse livro e ficou super interessante. Foi o principal motivo de eu ter lido o livro até o final, afinal eu me pegava suspirando em diversos momentos. A edição da Novo Conceito ficou muito bonita, por mais que eu não tenha gostado tanto assim da modelo da capa. Gostei do tom que usou, assim como a fonte, porém a modelo achei um pouco sem nexo.

Indico esse livro para os fãs de livros água com açúcar, ou aqueles que querem livros mais leves para ler entre livros complexos. É sempre bom!







Sobre a Autora: 
Tamiris
Tamiris é blogueira do Pausa Para Um Livro e depois de fã do Fun's Hunter, veio acrescentar um toque feminino no blog favorito. Lê tudo que o Paulo indica, mas também tem uma séria paixão por romances. Quando não está lendo, está cozinhando. Então não se assuste se ver um pouco de comida nas fotos.


11 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    O livro parece interessante, uma leitura bem leve. Não é muito um estilo de que eu goste, mas quem sabe dê uma chance a ele.
    Ótima resenha! Obrigada pela dica.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. O livro pode até ser interessante... não sei!
    Mas, não me despertou interesse, sabe?
    Estou preferindo livros que tenham mais ação...

    ResponderExcluir
  3. Tamires!
    Já li esse livro há alguns anos atrás e confesso que gostei, justamente por Ana ter maturidade em poder governar um reino inteiro, achei que ela não seria capaz.
    Realmente o romance ficou um pouco a desejar, mas acabei relevando.
    “Que os sinos natalícios anunciem as boas novas e te tragam um natal abençoado. Boas Festas!”
    (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Personagens imaturos demais quando devem ser mais desenvolvidos ao longo da história me irritam um pouco, então acho que essa história não me agradaria muito. Não a conhecia, mas é sempre bom ter novs opções. Quem sabe um dia?
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir
  5. Só cheguei a ler o primeiro, mas gostei muito da história e queria ver como esse ficou. Mas vi mesmo muita gente reclamando que a garota ainda estava bem imatura. Não sei se isso iria me desagradar, dependendo do rumo que a trama tomasse...Mas gostaria de ler. Parece que a autora continua sabendo envolver o leitor e fazer a gente suspirar em vários momentos. Parece bom.

    ResponderExcluir
  6. Eu já li o primeiro livro, mas não gostei muito dele não. Eu não gostei muito da história, nem da personagem. O que eu mais gostei do primeiro livro, foi justamente a escrita da autora, que eu achei ótima. Mas saber que a Ana continua imatura e com os mesmo problemas, me deixa com menos vontade ainda de ler esse livro :/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. oi tam!!
    realmente me desculpa, mas eu sempre achei essa série tão a cara do: diário de uma princesa que não consegui ler nem o primeiro da série e descobrir que ela (a ana) ainda está meio imatura é muito decepcionante
    bom, ficou a dica como vc disse um livro mais leve p sair da ressaca

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Estou louca para ler o primeiro livro, adoro livros que se passam em castelos e as confusões e intrigas da corte, fiquei muito feliz que o amadurecimento da personagem é bem perceptível, é interessante acompanhar essa mudança no decorrer da narrativa, enfim eu adorei espero curtir bastante essa leitura.
    P.S as capas são lindas.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  9. Olá...
    Ainda não tive oportunidade de ler esse livro...Gosto de livros água com açúcar... principalmente para intercalar com uma leitura um pouco mais pesada... Gostei bastante da resenha e acredito que em breve darei uma chance a essa leitura para conhecer de perto a história de Ana.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que este livro se tratava de uma duologia, não consegui me conter e mesmo sabendo que esta resenha podia conter spoilers do livro anterior acabei lendo, e acabei me interessando muito pelo livro, parece uma história bem leve, e curto livros desse estilo.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Tamiris!
    Uma pena que a Ana não tenha amadurecido tanto no que diz respeito ao relacionamento com o Alex, mas também acho que ele poderia ser mais compreensivo com a situação pela qual ela está passando com o pai e o país pra governar assim da noite pro dia.

    ResponderExcluir